_____________________________________________
POSTS SOBRE: LIVROS :: O PSI RESPONDE :: CONTAR AOS PAIS :: VIAGENS :: ELEMENTOS DE PRAZER :: BARES GAY :: VÍDEOS
_____________________________________________
Podes seguir o blog através do twitter AQUI

Pesquisa personalizada
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

Mãe sofre...

Tenho tido o previlégio de contactar com uma mãe muito especial, a pm, leitora do blog e através do qual nos conhecemos pessoalmente. A pm é mãe de um homossexual e ficou a sabê-lo por acaso... Foi um terrível choque, pois isso não lhe passava pela cabeça... Já tinha feito referência na altura a esta mãe que gentilmente tinha entrado em contacto com o autor do blog (eu) para desabafar (podem ler o post AQUI). Agora, passado mais de , a pm, para minha (boa surpresa) volta a deixar um comentário neste blog, que tomo a liberdade de destacar pelo seu conteúdo e para dar esperança, alento, coragem a quem como ela, sofreu e ainda sofre (como muitas mães) com a orientação sexual do seu filho, mas que acima de tudo, ama o seu filho, independentemente da sua orientação sexual. Isto não significa que seja um processo fácil e concluído, bem pelo contrário, pode ser um processo lento, moroso e muito complicado. Penso e acredito que muitas vezes deixamos o medo turviar-nos as ideias... Deixo aqui um beijão para a pm e para o seu filho, que gosto muito, e publico aqui com destaque de 1ª página o seu comentário, que espero ela não me leve a mal.

 

Nunca fui preconceituosa nem de criticar este ou aquele mas é muito fácil falar quando não nos “toca “ a nós.
Um dia sem querer descobri que sou mãe de um gay e posso garantir que isso nem me passava pela cabeça, era uma coisa impossível até porque não notava nada de “estranho” no meu filho.
Entrei em desespero e pensei que o mundo acabava e blá blá blá a minha historia vai por ai fora.
Bom comecei a procurar tudo o que podia sobre homossexualidade e pesquisei muito na internet ate encontrar este blogue.
De todos os que tinha encontrado foi o único que me mereceu confiança, tanto pela forma como abordava os assuntos como pela linguagem utilizada nos textos. Bom ganhei coragem e enviei um e-mail (ao dono do blogue) a fazer as perguntas mais disparatadas e a colocar as minhas duvidas e os meus preconceitos, porque afinal eu também era preconceituosa e não sabia.
O meu espanto foi enorme quando reparei que (ele) gentilmente me respondeu e se prontificou a responder a tudo o que eu de alguma forma tivesse dúvidas.
Seguiram-se vários e-mails e passamos a falar diariamente e surgiu uma empatia (julgo que mutua).
Uns tempos depois resolvemos todos, (ele, o lindo, eu e o meu filho) conhecemo-nos pessoalmente. Lembro-me de estar receosa e de lhe perguntar em forma de brincadeira claro (como é que ele era) ao que me respondeu a sorrir para não ter medo que não ia de lantejoulas e plumas cor-de-rosa.
Bem isto tudo para dizer que encontrei dos seres humanos fantásticos (muito boa gente) e generosos. Ao ponto de me permitirem falar de tudo tirar duvidas (e eles sabiam que um dos motivos de eu estar ali era a curiosidade deles serem gays). Hoje entendo que um casal gay pode ser tão normal e fazer uma vida tão normal como um casal hetero. ( na casa deles fui muito bem recebida)
Não vou dizer que aceito tudo na boa com normalidade em relação ao meu filho, não estaria a ser sincera, mas sei que o conheço bem melhor . e a homossexualidade não faz dele pior pessoa. Portanto não adianta ter preconceitos, existe um ditado antigo cuidado ao cuspir par o ar pode ter cair na cara.
A ti só te posso agradecer por seres a pessoa fantásticas que és. Se achar um abuso este comentário apaga.
Gosto muito de ambos
Um beijo
Pm

sinto-me: a brindar à pm!!!
publicado por cristms às 19:31
link do post | comentar | favorito
|
8 comentários:
De Anónimo a 7 de Maio de 2008 às 22:58
Só não brindo contigo porque como sabes estou doente ( estava a falar a serio).
Não te posso levar a mal nada do que escrevas ou que faças referencia ao que te escrevi porque me tens ajudado imenso.
Não está tudo bem, tu sabes. E mãe sofre mesmo muito…
Falar sobre isto contigo ajuda-me a perceber certas coisas . E diabo, tu fazes-me pensar ..
Tenho vindo a descobrir coisas e a derrubar mitos que existiam em volta dos gays. Um deles é que um homossexual não tem que ser uma” bicha “ espalhafatosa.
Cada vez me convenço mais que faz parte da natureza humana assim como a (heterossexualidade ) não sei se a palavra existe.
Os que tenho conhecido não tem tiques, não são afeminados e não se rebolam a andar. Para bem de todos, os gays não são azuis. Porque como já li em algum lado se fossem azuis íamos ficar espantados com a quantidade de gente azul à nossa volta.

Quando aprender a fazer um blogue vou escrever todas as minhas mágoas de mãe, acho que me ajudava e me ia fazer bem.

Um beijo meu amigo

Pm


De Hugo a 26 de Abril de 2009 às 20:41
Olá. Tenho 25 anos e sou de lisboa. Acabei de ler o seu comentário. Eu não sei por onde hei-de começar. Primeiro gostaria de dizer que sou um rapaz normal em todos os aspectos. Apesar da minha orientação, sempre gostei de conviver no meio heterossexual. Com todo o respeito, evito ir para ambientes gays e da mm forma que evito ter mts amigos gays. Talvez porque sempre tenha querido fugir aos padrões a que a sociedade associa no mundo gay: lantejoulas e tiques efeminados. É um direito meu. Tão simples como isso. Gosto de jogar futebol, de jogar videojogos e de me vestir de forma viril. O que me distingue dos padrões sociais tradicionais relativamente às características do que é ser um rapaz "normal" é a minha orientação sexual.
Dito isto. A minha mensagem para si "pm" é a seguinte: qualquer que seja a orientação do seu filho, ame-o.
O amor é a verdadeira e única energia que nos distingue enquanto seres humanos. O resto é conversa de xaxa. Tanto cinismo e hipócrisia que nós podemos encontrar na sociedade que às vezes se esquece de ter em consideração o que realmente interessa - o carácter das pessoas. A orientação sexual do seu filho é apenas mais uma das fatias que compõem o "bolo" que ele representa como ser humano. Não dê particular importância a isso. A partir do momento em que o vir e sentir em função da sua homossexualidade, irá trazer para dentro de sua casa um exército de fantasmas que poderão mt bem contaminar a vossa relação mãe-filho.
Eu nunca contei aos meus pais acerca da minha orientação uma vez que sempre me soube dessenrrascar bem na sociedade em que me movimento. Sou licenciado em Economia e tenho uma carreira profissional sólida aos 25 anos. No dia em que desconfiar que um amigo, familiar ou colega pretenda recorrer à minha orientação como arma de arremesso contra a minha pessoa, eu irei pisar primeiro antes que seja pisado. É a lei da sobrivivência. Mas atenção: esta lei é válida para homossexuais, heterossexuais, bisseuxais, altos, baixos, gordos, magros, ciganos, pretos, brancos, católicos, agnósticos, doentes, saudáveis, novos, velhos.....e por aí adiante.
A mensagem que tenho para si é esta: estamos todos no mesmo barco. O sol quando nasce nasce para todos. Mais uma vez o que nos distingue verdadeiramente enquanto seres humanos é o carácter e a capacidade (ou não) de manifestar perante os outros formas incondicionais de amor.

Deixo aqui o meu mail do msn caso queira trocar umas ideias comigo. Caso contrário desejo-lhe as maiores felicidades. A si. E ao seu filho.


De Felipe Nunes a 8 de Maio de 2008 às 19:00
Já referi no post anterior que foi muita a emoção ao ler o que escreveu a pm, e que é reconfortante ver que há mães que procuram perceber o que se passa com os filhos.



Deixei de viver com os meu pais desde muito cedo (desde os 3 anos e pouco) e foi entregue a uma família amiga por tribunal. Nessa família, fui obrigado a procurar uma figura que encontrei para substituir os meus pais - como são mais velhos que os meus pais (eu tenho 20 e eles 68) desde cedo comecei a trata-los por avós. E isto explica o facto de ter medo de lhes revelar que sou gay.
A sua idade, a maneira como (sei que) pensam, o ambiente sócio-religioso que nos envolve, pesam na minha decisão em apenas falar com a minha madrinha (agora com 40 anos!). Ainda que a nossa família seja muito unida sei que posso confiar nela e que não será por ela que saberão.


Temo pelo dia em que a minha família souber por outra pessoa e não por mim, mas falta-me a coragem para o fazer.

Sou um "filho" gay e percebo esta mãe, mas que poderá querer uma mãe quando tem o amor e a sinceridade do filho?



Um abraço!
Auf Wiedersehen,
f n


De NCa a 9 de Maio de 2008 às 10:31
Olá....Gostei muito deste post!
A maneira como a P.M., que sendo mãe, expõe as suas preocupações e dificuldades denota uma preocupação amada pelo filho, em compreender tudo o que a vida dele se pode transformar.
Acho fabuloso!!!
Um abraço a ambos


De Hugo a 2 de Junho de 2008 às 22:17
Parece-me que interpretou mal o meu comentário. Eu não escolho os meus amigos pela orientação sexual. Escolho-os pela sua capacidade em se comportarem em público e em privado.

Agradeço o seu conselho de "Não acuse não seja preconceituoso, lembrem-se sempre da lei do retorno". Mas não sou a pessoa mais indicada para o dirigir. Eu escrevi-lhe o meu 1.º comentário precisamente por não se preconceituoso e por acreditar que a sua relação com o seu filho pode e deve manter-se inalterável em termos do amor recíproco independentemente da sexualidade dele.
E mais lhe digo, se o seu filho é realmente masculino como diz, então afirmo aqui que seria um orgulho enorme para mim tê-lo como amigo, irmão ou namorado. É exactamente nesse ponto que quis tocar no meu 1.º comentário: saber estar é o que realmente conta no fim de contas. O resto é irrelevante, redundante e acessório. Leia e releia o meu 1.º comentário e irá sentir certamente que era isso mesmo que eu estava a tentar transmitir, embora reconheço que a forma como escrevo é um pouco gélida. Mas isso faz parte da minha natureza como homem e ser humano.
Devo dizer-lhe que depois de ler o mail que me enviou continuo a sentir que por detrás das suas palavras continua a existir ainda alguns sentimentos negativos relativamente À orientação do seu filho. Mas sinto tb que está a travar dentro de si um conflito para levar a bom termo o bom senso e o amor pelo próximo.
Mas não sinta estas minhas palavras como um ataque. Seja como for cada fantasma que derrubar dentro de si representa uma batalha a ser levada a cabo. Todos nós somos cercados de conflitos interiores. E qd pensamos que está tudo ganho, é quando aparece um novo fantasma mais forte que o anterior.
Peço desculpa pela linguagem metafórica mas é a melhor forma que por vezes temos de nos expressar.
Eu gostaria mt de ver a comunidade gay ter outro tipo de postura em relação ao chammado "orgulho gay", que não é mais do que um festival de cores e sons que nada mais faz do que afundar a própria comunidade gays nos preconceitos que eles´próprios reforçam. Seria mais fácil viver a homossexualidade da mesma forma que se vive a heterossexualidade: sem um festejo ou revolução gratuita. Seria tudo mais simples.

Continuo a ter este principio em relação a si, ao seu filho, a mim própiro e a todos os outros: o sol quando nasce, nasce para todos. Afirmei-o no primeiro mail e reafirmo-o agora. Mais que uma frase feita, é um princípio que sigo religiosamente.

Felicidades mais uma vez...


De PM a 2 de Junho de 2008 às 22:37
Primeiro quero pedir desculpa ao dono do blog por estar a ocupar o teu espaço, desculpa-me e um beijo enorme para ti

Agora ao Hugo.

Vou te tratar por tu porque acho que não existe necessidade de estarmos com formalidades.
Se leres com atenção este foi o final do meu comentário

“”A todos os( PAIS ) só posso dizer uma coisa: nunca mande pedras ao telhado do vizinho porque o seu pode ser de vidro e você não saber…
Eu também vivi na ilusão muito tempo e posso-lhe garantir que qualquer pai ou mãe. que tenha um filho hetero não é mais homem que o meu que é gay.
Não acuse não seja preconceituoso, lembrem-se sempre da lei do retorno…””

Não era para ti o conselho nem tinha porque o fazer, pois se ate concordo com varias partes do teu comentário.

Se me expliquei mal peço-te desculpas.

Disse que não se escolhem os amigos pela orientação sexual e acho que não se escolhem mesmo mas também te digo que me sentia mal andar com alguém enfeitado e bichanado atrás de mim.

Tem razão, tenho ainda muita magoa e custa-me entender… quem sabe um dia chego lá

Mas amo-o a cima de tudo

Beijinho
PM


De Luís a 28 de Junho de 2008 às 15:04
E aqui mais um post fantástico.. Segui o outro post que tinhas escrito e é bem verdade como as coisas se desenrolam!! :)
Se não me engano comentei o outro post e disse uma coisa que a minha mãe referei quando lhe contei.. Ela apenas disse: "Pensei que só acontecia aos outros!" Em casa houve durante algum tempo um "mau ambiente" e pensei que tinha "estragado" tudo contudo as coisas estão óptimas e dei por mim, depois de ter acabado um relacionamento, com a minha mãe a dizer-me: "O que não faltam no mundo são homens!".. Confesso que nunca pensei ouvir isto da minha mãe mas nunca me senti tão bem em ouvir.. Não pelo texto (porque sei que há muitos homens no mundo!) mas sim por a minha mãe ter aceite o facto de eu namorar com alguém do mesmo sexo que eu..

Em relação ao comentário da "mãe PM" (peço desculpa por tratar assim mas parece-me engraçado..) ela é uma mulher de armas e caiu na realidade.. Sim!! Nem sempre as coisas acontecem ao vizinho do lado.. Por vezes passa-se o mesmo debaixo dos "nossos" narizes!! E é muito bom ver uma mãe partir na aventura de querer conhecer pessoas gays e tentar entendê-las.. A ela uma força!! ;)

Hugo! (Desculpa "dono do blog" a extensão deste comentário) Entendo quando dizes em não querer conhecer pessoas gays e ambientes gays.. Não se trata de discriminação dentro dos mesmos mas apenas uma "selecção".. Estou a passar pelo mesmo critério não pela orientação mas pela postura.. Todos conhecemos as ditas "bixas" que pisam o chão como se este ardesse.. Não condeno! Não sou contra (cada um é como é!).. Contudo evito conhecer. Acho que era este aspecto que o Hugo quis mencionar.. Sou homem! Gosto de homens! Ser gay não implica ser "donzela".. Tudo é uma questão de postura..
"Comparo" os conhecidos, no meio gay, por "bixas" aos conhecidos, no meio hetero, por "broncos".. Todos sabem existem, e apesar de tudo todos os aceitam.. Cada pessoa tem o seu papel na sociedade! Seja de um modo ou de outro..

De novo peço desculpa pela resposta tão grande e também por me ter desviado um pouco do tema..

Abraços e continuação de bons posts,
Luís


Comentar post



referer referrer referers referrers http_referer

Lisbon Apartment for rent/holidays
- Gay Friendly -

OS MAIS LIDOS

 

1.FOTOGRAFIA... Ao PÉNIS!
2.DEPILAÇÃO MASCULINA
3.AUTO-PENETRAÇÃO/FELAÇÃO
4.SEXO GAY
5.PRAIAS DE NUDISMO (ALGARVE) 
6.COMO É QUE UM TRAVESTI ESCONDE O PÉNIS?
7.POPPERS
8.SEXO A 3 OU MAIS...
9.GOSTAR DE HOMENS + VELHOS
10.SADOMASOQUISMO
11.VERÃO :: PRAIA :: NUDISMO
Última Act.: 12-08-2009

 

 

English Version



Free Web Counters

Adicionar a Favoritos




Email do Blog

BlogSerGay@Hotmail.com

OS MAIS LIDOS

 

1.FOTOGRAFIA... Ao PÉNIS!
2.DEPILAÇÃO MASCULINA
3.AUTO-PENETRAÇÃO/FELAÇÃO
4.SEXO GAY
5.PRAIAS DE NUDISMO (ALGARVE) 
6.COMO É QUE UM TRAVESTI ESCONDE O PÉNIS?
7.POPPERS
8.SEXO A 3 OU MAIS...
9.GOSTAR DE HOMENS + VELHOS
10.SADOMASOQUISMO
11.VERÃO :: PRAIA :: NUDISMO
Última Act.: 12-08-2009

 

 

Google Earth GAY


(Se não tens o Google Earth, faz download AQUI e depois basta clicar nos links abaixo)
BARES
O Bico, Gayleria - Lisboa

Meeting Point - Lisboa

106 - Lisboa

HERÓIS - Lisboa

PORTAS LARGAS - Lisboa

BRIC A BAR- Lisboa

FINALMENTE - Lisboa

MAX - Lisboa

DISCOTECAS
TRUMPS - Lisboa

FRÁGIL - Lisboa

MISTER GAY - Costa da Caparica

PRAIAS
FONTE DA TELHA - Costa da Caparica

Praia 19 - Costa da Caparica

MECO - Aldeia do Meco


COSTA VICENTINA

Praia do Malhão

Praia de Odeceixe

Praia de Vila Nova de Mil Fontes

 


ALGARVE

Praia da Ilha Armona

Praia Pinheiros

Praia Cabanas Velhas

Praia Meia Praia

Praia das Furnas

Praia do Zavial

Prainha

Praia Beliche

Praia Grande

SAUNAS
GRECUS - Lisboa

SPARTACUS - Lisboa

TROMBETA BATH - Lisboa

RESTAURANTES
PÔE-TE NA BICHA - Lisboa

BICA DO SAPATO - Lisboa

BRASILEIRA - Lisboa

ALOJAMENTO
AS JANELAS VERDES - Lisboa

Hotel ANJO AZUL - Lisboa


LINKS
Ovelha Tresmalhada
Cinema Gay
Provoca-me!!!
Sexual Feeling
Perfeito Vazio
Eu por aqui...gay
O Mundo Gay (quase) Perfeito
Comportamentos de um rapaz difícil
Me Myself And I
Adolescente Gay
Histórias de Un Mira
Confissões aos (quase) 30
Tongzhi
Minha Luz
WhyNotNow
ALL OF ME
só mais uma gayja
Herejes
2 Homens 1 Vida
O outro lado
O Meu Lado B
Sapato de Cristal
MOGAYDOURO
Felizes Juntos
Nunca caí aqui
As faces de Morgan/a...
Individual(mente)
David e Marco
LusoBoy
DE CORPO E ALMA
FARPAS e BITAITES
VERSATILIDADES
HOMEM, HOMOSSEXUAL e PAI
Je Bois
Blog do Armário
Nuba
H2OMENS
O Sétimo Continente
CO-MYX-TURA
Boyzitu
[NobodysBitcho]
Blog Gay
Single White Male
ALGARVE GAY
MADONNA
GAYLERIA

LISTA COMPLETA


TAGS

à mesa(6)

adopção(47)

amigos(35)

amor(72)

artistas(131)

associações lgbt(22)

bares gay(39)

bissexualidade(15)

blog(89)

bullying(5)

casamentos(148)

casamentos gay(125)

cinema(29)

com out(19)

comentario off the record(12)

compras(20)

concursos(20)

contar aos pais(40)

discriminação(219)

educação(17)

elementos de prazer(17)

encontros(13)

eventos(17)

eventos lgbt(28)

família(99)

Família(29)

filmes(22)

filmes gay(10)

fotografia(20)

gay(320)

gay friendly(6)

hiv(9)

homofobia(142)

homoparentalidade(45)

homossexual(259)

homossexualidade(328)

humor(98)

igreja(11)

igualdade(14)

imprensa(36)

informática(5)

jantar convívio(9)

lazer(7)

lésbicas(51)

lgbt(25)

literatura(19)

livros(22)

moda(12)

movimentos gay(6)

música(35)

noite(103)

notícias(281)

Notícias(27)

nutricionismo(7)

o casamento dos lindos(33)

o psi responde(20)

off the record(7)

orientação sexual(7)

partilha-te(6)

passatempos(21)

pensamentos(18)

perguntas(48)

pessoal(442)

poemas(6)

poesia(6)

política(68)

power man 2010(13)

preconceito(11)

psicologia(36)

publicidade(55)

relação(110)

Relação(18)

religião(12)

restaurantes(19)

revista(12)

roupa(7)

roupa interior(6)

saír do armário(34)

sandy(11)

saúde(92)

ser gay(12)

sexo(285)

sexo anal(12)

sexologia(55)

sexualidade(156)

sexy(13)

sida(11)

sociedade(262)

sondagens(45)

teatro(43)

teatro amador(9)

televisão(79)

Televisão(10)

tita(6)

trabalho(32)

transgéneros(18)

transsexuais(26)

travestis(13)

viagens(94)

vídeos(110)

todas as tags

Pub...

<-- PUB -->
O blog em nºs...


Arquivos

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Junho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds

pesquisar