_____________________________________________
POSTS SOBRE: LIVROS :: O PSI RESPONDE :: CONTAR AOS PAIS :: VIAGENS :: ELEMENTOS DE PRAZER :: BARES GAY :: VÍDEOS
_____________________________________________
Podes seguir o blog através do twitter AQUI

Pesquisa personalizada
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Marcha do orgulho GAY?!

 Penso não ser muito controverso se mais uma vez disser que não me revejo nestas manifestações do suposto orgulho GAY. Acho-as tão ridículas quanto uma marcha de orgulho HETERO. Todos, independentemente da nossa orientação sexual, devemos ter orgulho no que somos, na nossa personalidade, na nossa pessoa, nos nossos gostos. Fazer disso uma bandeira pode fazer sentido quando um grande número de pessoas partilha um mesmo gosto, uma mesma vontade de lutar por algo. Já o disse muitas vezes, e volto a repeti-lo, que na minha opinião estas marchas não são a forma mais acertada de fazer passar a mensagem de que somos iguais, e que por isso devemos ser tratados de forma igual. E respeitando todos quanto pensam de outra forma, misturar gays, lésbicas, transsexuais e bissexuais todos num mesmo bolo, com uma mesma bandeira parece-me por vezes inadequado e ineficiente. Embora todos possam possivelmente ser vítimas de discriminação, acredito piamente que o que um transsexual reclama para si direitos que eu, gay, não preciso reclamar. A mesma coisa com os bissexuais... E embora respeite a maneira de cada um estar na vida, acho que é abuso, considerar que as travecas/transsexuais acabem por ser sempre a face visível destes acontecimentos. Não seria melhor repensar a forma como são organizadas estas manifestações? Porquê misturar tudo? Se é uma manifestação para lutar por direitos iguais, então deve ser participada por toda a comunidade que partilhe da mesma opinião. Mas se chamam a essa manifestação "Orgulho gay" acredito que essa mesma comunidade não vá juntar a sua voz à nossa voz, porque eles não devem ter orgulho em que eu seja gay, nem eu orgulho em que eles sejam hetero. E para além disso, andar na rua vestido de mulher ou de outras formas bastante exibicionistas não faz propriamente parte do (meu) orguho gay. Bem sei que a comunicação social é (quase sempre) a responsável por fazer passar uma mensagem desfazada da realidade. Quase que me atreveria a apostar, que se fosse organizada uma manifestação GAY, e não uma manifestação da comunidade GLBT, provavelmente teriamos nas ruas um grande número de pessoas iguais às manifestações que vemos com objectivos semelhantes (luta por direitos), sem floreados, sem exibições despropositadas, mas focando-se no que interessa: luta pelos mesmos direitos, contra a discriminação!!! Aí sim, seria fácil de ver que a maioria dos gays somos todos iguais e todos diferentes, cada um com as suas taras, com as suas manias, como qualquer hetero!

Aí sim a comunidade poderia de uma vez deixar também ela de misturar as coisas e ver que nós, por sermos gays, não temos que andar por aí de plumas e salto alto.

 

Fica a reportagem mostrada na SIC a propósito da marcha, e confiram o que acabo de dizer, ou seja, para além dos representantes das associações, quem mais foi entrevistado?! Pois...

 

 

 

sinto-me: pensativo
publicado por cristms às 11:57
link do post | comentar | favorito
|
14 comentários:
De Algbiboy a 15 de Julho de 2008 às 16:13
Revejo-me completamente naquilo que escreveste... estas marchas so servem para aumentarem a discriminação... Não me revejo no meio daquelas travecas até porque não sou nada efeminado nem o meu amor o é e ninguém na rua é capaz de olhar para nós e dizerem que somos gays. Além disso ser gay é um homem que gosta de homens e não um homem que quer ser mulher e essa é a imagem que se passa nestas marchas... lamentável mesmo, tenho pena que se continuem a fazer coisas tão reles...
Abração grande
Miguel


De mike a 15 de Julho de 2008 às 19:02
Eu próprio tinha algumas dúvidas em relação à marcha e resolvi participar num debate numa associação que integra a Marcha. Como tal noto que tal como eu estava, tu também estás um pouco desinformado e isso reflectiu-se na tua opinião acerca da mesma.

A utilização da palavra orgulho, poderá de facto ser vista como um erro de 'casting'. Mas a sua utilização vem no sentido de oposição à vergonha e invisibilidade que muitas pessoas têm por ser LGBT. Eu próprio tive durante muito tempo... quantos de nós somos visíveis ao ponto de beijarmos em publico, ou andarmos de mãos dadas!?

A marcha tem 2 objectivos fundamentais: a Visibilidade e pela Luta de Direitos LGBT. E é aberta a todas as pessoas que queiram marchar sejam LGBT ou simpatizantes. Por isso podem não lutar pelos 'teus' direitos enquanto Gay, mas podem lutar pelos deles e por se fazerem notar (visibilidade)...

Acho que qualquer dia volto a ser Hetero LOL, pois é com muita pena que vejo a existência de preconceito e discriminação dentro do meio LGBT, ele já de si tão atacado por 'grupos exteriores'. Ou porque uns são mais efeminados, ou porque são T* ou porque simplesmente se assumem ao mundo, ou apenas por isto ou por aquilo...

E deixo-vos com uma frase que pode marcar a diferença ou não :) ... "Na luta pelos meus direitos, ninguém me representa melhor que eu próprio"...


De Algbiboy a 15 de Julho de 2008 às 21:04
Certamente mike, não te tiro a razão, mas para mim não se pode misturar tudo dentro do mesmo saco. Um gay não é um transexual, não tem nada a ver. Um gay não tem que ser efeminado... são imagens que predominam nestas marchas e quando aparecem nos meios de comunicação social, chocam, pois chocam, porque a grande fatia gay não é efeminada e não se faz notar, porque não precisa. Vive a sua vida e pronto. É certo que existem direitos fundamentais e que devemos de usufruir, mas eu sendo gay há outras coisas por que se luta e que sou contra, por exemplo a adopção. Peço desculpa mas sou contra. É certo que dizes que já bem bastam os de fora do mundo gay a discrinar senão haver ainda dentro deste mundo que semei veneno. Não digo o contrário, mas esta comunidade gay que se abana em marchas e arraiais nada tem a ver com o que é ser gay. não sou eu so a ter esta opinião. A maioria dos meus amigos gays pensam da mesma forma que eu e por isso não sinto que esteja a pensar mal, mas uma coisa te garanto, jamais participaria numa marcha dessas e desligo a tv quando elas surgem porque simplesmente fico envergonhado...


De mike a 16 de Julho de 2008 às 00:35
Imagens que chocam!? Pois ainda bem, ao longo da história da humanidade todos os direitos adquiridos foram conseguídos através da rotura e abalo de estruturas... que esta não seja excepção!

Quanto à "grande fatia gay não é efeminada e não se faz notar, porque não precisa"... só te pergunto se não precisa ou não quer e está disposto a pagar a factura que todos sabemos que existe? Acrescento que eu por ter medo desta factura, o meu 'coming out' para os meus amigos de sempre é recente e a minha família ainda nem sonha... essa é a razão pela qual eu não tenho foto no meu blog entre outras coisas por ex!

Em relação à adopção, confesso mais uma vez não perceber o problema, será que andamos todos a olhar para o lado? A homoparentalidade existe... e é reconhecida! A única coisa que falta é reconhecer o direito à adopção pelo par (ou casal como preferirem)... Crianças a serem educadas por gays já é uma realidade no nosso país, quer sejam filhos biológicos ou adoptados!

E não resisto à provocação: "mas esta comunidade gay que se abana em marchas e arraiais nada tem a ver com o que é ser gay". Não!? Olha eu sou tão gay como eles (falo de identificação de género)... agora se me falares em ter uma postura física diferente... então claro que sou diferente deles. São características diferentes a meu ver...

PS - Algbiboy o primeiro reply devia ter sido um simples comment... foi erro meu... não pretendia discutir o teu ponto de vista mas o do post original. E não pretendo 'forçar' o meu ponto de vista a ninguém apenas ter uma saudável discussão! E claro que estou a abusar do blog aqui do amigo... tenho que criar um post sobre isto pois de facto notei que esta visão é partilhada por muita muita gente!


De Anónimo a 16 de Julho de 2008 às 01:51
O que queres dizer com:

"Embora todos possam possivelmente ser vítimas de discriminação, acredito piamente que o que um transsexual reclama para si direitos que eu, gay, não preciso reclamar. A mesma coisa com os bissexuais..."


De Paulo a 16 de Julho de 2008 às 10:21
bem, venho pôr o bedelho só para dizer que concordo com o Mike. porquê? simples: manifestar-se ou não se manifestar é uma opção, parte da liberdade de cada um. particularmente, acho que se não se tivessem realizado tantas manifestações no passado, tudo estaria na mesma (e continua na mesma porque cada um vive a sua vidinha). continuamos a ser muito egoístas e individualistas e a adaptarmo-nos muito bem às adversidades. o que pode ser considerado comodismo. e é-o de facto. já escrevi sobre o assunto: não me manifesto, posso não me rever na forma de organização destas marchas, posso não concordar com a forma de participação, mas reconheço pelo menos que há gente que dá a cara para que as coisas mudem. e precisam de mudar que isto de viver a minha vidinha no meu cantinho não tem piada nenhuma e nós até queremos adoptar e queremos ver a nossa relação oficializada de outra forma além da união de facto.

o assunto é vastíssimo e dava para muitos filmes, não existe uma forma de se gay... aliás, "gay" é aquele que manifesta um sentido reivindicativo, político ou social, forte a nível dos direitos. é um termo pós-Stonewall (aliás, chegou a significar tão-somente o homossexual passivo! além de já ter assumido o sentido do insulto); homossexual, pelo contrário, é associado ao período antes ou pré-Stonewall, sintomático de uma vida vivida mais ou menos na sombra, e ainda conectado com o sentido de desvio ou doença psiquiátrica.
portanto, ser-se gay é tão diverso como cada um ser como si próprio. é a diversidade que torna o mundo menos cinzento, monótono, etc. existem tantas formas de sexualidade quanto de seres vivos, porque cada um tem gostos muito próprios, formas de se exprimir e de se sentir feliz sexualmente diferentes das dos outros.
lembro-me do slogan do racismo: todos diferentes, todos iguais. se no mesmo barco cada um remar para seu lado, não se chega a lado nenhum concreto. vá lá, deixem-se de homofobias que os direitos de uns devem ser os direitos de todos, certo?


De Flávio a 16 de Julho de 2008 às 17:18
Concordo contigo! É necessária uma mudança de mentalidades na sociedade a respeito destes temas, sim, mas como torná-la possível se dentro da comunidade LGBT ainda existe bastante preconceito? A diversidade existe e é importante respeitá-la e só posso lamentar que ainda haja pessoas que não compreendem isso, como é o caso de alguns que aqui comentaram e do, infelizmente, autor do post.


De Paulo a 16 de Julho de 2008 às 10:29
Só mais um aparte: sobre a discussão, passem, por exemplo, aqui (http://www.pnetmulher.pt/cronica.asp?id=271) e aqui (http://wwwdejanito.blogspot.com/2008/06/prova-de-vida.html).
Abraços ao Cristms por ter relançado o tema, ao Algbiboy e ao Mike.


De Felipe Nunes a 16 de Julho de 2008 às 15:52
Olá companheiro...

Não é, de todo, o meu género participar neste tipo de manifestações. Eu e as manifs nunca nos demos muito bem. Mas o que realmente importa ressalvar é que ainda que não tenha por hábito participar, não só não condeno quem participa como, no fundo, agradeço a luta por direitos que não temos, ainda!

Não sei se posso falar em mim como gay assumido. Os amigos sabem, os amigos dos amigos também. A senhora da livraria, a do videoclube. Não digo que já não haja gente a quem eu nunca falei disso a saber. Mas a familia.. tirando as minhas primas e a minha madrinha, ninguém sabe. Custa-me. Mas ia custar-lhes tanto a eles se soubessem!

É melhor assim?

Eu tenho ORGULHO em mim!


Aquele abraço.
Auf Wiedersehen,
f n


De Luar_Amigo a 17 de Julho de 2008 às 11:40
Olá rapazes. Eu já tive a minha fase hetero, em que fui casado e depois do meu divórcio tive duas relações gays, em que a primeira durou 4 anos e a segunda durou ano e meio. No entanto, nestas minhas duas relações, mantive-as discretas sem grandes aparatos: os meus pais sabiam e os meus amigos também, mas nunca fiz nem faço um cartaz a dizer o que sou, pois tanto numa relação hetero ou gay, não temos de "expor ao mundo" com quem dormimos ou deixamos de dormir. Por uma questão ética, onde ainda mais preservo a minha vida, é no meu local de trabalho devido à minha posição....
Contudo, o que quero dizer é que esta forma de manifestar o nosso Orgulho, a meu ver, não é a mais correcta, porque assim nunca mais nos respeitarão!!

Abraços :)


De Philip a 17 de Julho de 2008 às 12:30
Eu sinceramente acho que este tipo de Marchas... se por um lado mudam o pensamento de certas pessoas, porque no fundo diz: nós chegamos e ninguém nos vai deter; por outro acho que também vai criar mais estereotipos, mais discriminação, etc.
Nesse pequeno vídeo, dão uma imagem 'de o ambiente não deixa de ser de festa'... não sei para mim é uma questão séria... e acho que em Portugal, uma simples manifestação não vai mudar mentalidades, só as vai piorar.


De Natcho a 26 de Julho de 2008 às 20:09
Quer-me parecer que ainda existe uma grande dose de homofobia internalizada aqui, aliás, como já é costume e divide a comunidade gay. Essa homofobia gay surge sempre quando a questão são as marchas. Ora, ponto número 1 - Os transexuais e travestis também fazem parte da comunidade gay. É justo que também exijam direitos. Óbvio que muitas vezes trata-se de fornecer armas à homofobia mas é a comunicação social que usa do seu poder de formação de opiniões, para conspurcar o mais comum dos mortais heterossexuais. Estes muitas vezes carecem de espírito crítico para separar o trigo do joio. Seja ele qual for. Usam o mecanismo mais antigo da Humanidade contra o medo do diferente: Generalizam. Essa aversão a travecas e a gays efeminados por parte de muitos homossexuais começa a ser doentia e não passa da absorção dos conceitos heterossexistas, masculino vs. feminino de carácter machista para hierarquizar a própria comunidade. Também há que separar feminilidade de histerismo. Muitos gays não sabem distinguir uma coisa da outra. 2 - Se não fossem as marchas os heterossexuais ainda consideravam a homossexualidade uma doença, muito possivelmente, um crime e nós seríamos tratados como animais enjaulados a casamentos de conveniência genética. A marcha representa visibilidade. Se achamos que essa visibilidade é negativa então vamos para lá e fazemos a diferença. Isto partindo do príncipio que as pessoas tem o direito de terem comportamentos não representativos do seu sexo biológico assim como os homossexuais, sejam eles masculinos ou femininos, homens ou mulheres, tem o direito de terem relações homossexuais. Não podemos exigir aos outros aquilo que nós exigimos para nós. É uma atitude fascista. E de fascismo, meus caros, está o mundo cheio!

Ass. Um gay que por acaso não é bicha. Nem fascista. Passar bem.


De Joana a 17 de Agosto de 2008 às 02:36
cada um tem direito à sua opinião.. mas se somos tão contra discriminações, acho que este teu post faz com que te contradigas.. os travecas como tu lhes chamas, também têm direito a manifestar o seu desagrado por não verem os seus diretios a serem cumpridos..tal e qual como tu.. obvio que partilho da tua opinião quando criticas os medias só mostrarem o "que choca" na TV, mas isso já os travestis não têm culpa, é da sociedade em que vivemos.

sou lésbica, e vou a todas as marchas. acho que é um dia de festa, nem que seja para comemmorar a coragem que algumas pessoas tiveram há uns bons anos atrás. além disso, é um dia que até os mais esquecidos são obrigados a lembrarem-se que nós existimos ;)


De ''Marco'' a 18 de Maio de 2010 às 20:02
Olá! O meu caso é bem diferente... Tenho 15 anos... Sempre pensei que era gay, apaixoneime por vários rapazes, sem nunca lhes dizer nada, mas 1 deles descubrio... porque eu publiquei no meu hi5 no diário, um poema meu que na vertical formava o nome dele... O nome dele era Diogo, andava na minha turma, no 6ºano, e apaixonei-me. Era estranho mas foi uma sensasão boa, porque quando nos apaixonamos por um rapaz, pensamos sempre que ele, também é gay... Foi a minha 1ª paixão! ... Passados 2 anos, conheci o Bruno, um ano mais novo do que eu, conhecio porque me tinha zangado com as minhas amigas, porque eu nunca andei com rapazes, e começaram-me a questionar por isso... até que me questionavam muito, em que entrei numa depressão, sem ajuda nem hoje os meus pais sabem disso.... No ano seguinte... chego ao nono ano, um rapaz que me apaixono, o João, e mais uma vez pensava o mesmo... Saio daquela escola, mas com uma previsão boa para o futuro... 10ºano, (agora), no inicio apaixono-me pelo um rapaz que se chama Rui, ele olhava muito para mim e isso, e tal como sempre as esperenças caem sempre... Vindo a descobrir que ele é um homofobico do pior... Até que ... desde novembro de 2010 que senti como se tivesse diferente... Bruna... Ela é tão linda, e eu ganhei esperanças... como sempre... Todos os meus amigos diziam que ela gostava de mim... e eu achava o mesmo, mas apareceu o rapaz com quem ela anda agora... Eu cortei-me, droguei-me com comprimidos... Fiz loucuras... Até que as marcas estão no meu corpo... E não tenho ainda coragem de lhe dizer "Amo-te" como nunca amei ninguém!! Dava tudo por ela... Mas o tempo passa e agora voltei-me a apaixonar, agora por um rapaz novamente, "Diogo", um rapaz da turma de amigas minhas, e de uma ex-amiga minha... Fingindo ás pessoas mais pertas que gosto de uma rapariga na turma dele e ele anda sempre com ela, e é um plano para o lixar e tirar-lhe a amizade dela. Mas ele parece mesmo gay, o movimento das maos... a maneira que olha para mim... Até que tenho uma amiga minha, e crio um email da turma deles e envio uma foto a fazer-me passar por ele, e descubro o nome... Diogo como dissse acima... Mas agora não sei... Mostro muito o meu lado vingativo às pessoas por mágoas do passado... Tive muitos problemas familiares, e escolares. Chegando mesmo a precisar de psicologo... Mas nunca tive, sei que preciso de ajuda, porque já destrui a vida a uma amiga minha que se queria aproveitar de mim e usar as minhas cenas so por interesse... Tirei-lhe tudo... a turma, os amigos, sendo que ela nunca se deu bem com a turma portanto foi fácil...
Agora tenho o coração + k dividido, sou alegre e tenho comportamentos homo, mas os meus amigos mal notam, porque mudei de turma.
Mostro muito que sou homofobico porque eles também são, e pensam que é uma escolha que nos fazemos, Mas já toquei no assunto, para uma rapariga, "Gostas de rapazes, então imagina que és rapaz, mas te sentes atraido por rapazes e não como devia ser por raparigas", acho que as pessoas é que não compreendem o que é ter uma vida escondida de todos para não ser vitima de bulling na escola, ou de despreso no trabalho, somos homos, bissexuais, assexuais, hermafroditas porque nascemos assim, e não porque escolhemos! Eu agora sei que sempre fui Bissexual, porque olhava especialmente para rapazes e para raparigas, mas com mais tendencia para rapazes, mas isso varia nos bissexuais o sexo que mais mexem kom eles!
Adeus... e sejam felizes! Eu mudar, nunca!


Comentar post



referer referrer referers referrers http_referer

Lisbon Apartment for rent/holidays
- Gay Friendly -

OS MAIS LIDOS

 

1.FOTOGRAFIA... Ao PÉNIS!
2.DEPILAÇÃO MASCULINA
3.AUTO-PENETRAÇÃO/FELAÇÃO
4.SEXO GAY
5.PRAIAS DE NUDISMO (ALGARVE) 
6.COMO É QUE UM TRAVESTI ESCONDE O PÉNIS?
7.POPPERS
8.SEXO A 3 OU MAIS...
9.GOSTAR DE HOMENS + VELHOS
10.SADOMASOQUISMO
11.VERÃO :: PRAIA :: NUDISMO
Última Act.: 12-08-2009

 

 

English Version



Free Web Counters

Adicionar a Favoritos




Email do Blog

BlogSerGay@Hotmail.com

OS MAIS LIDOS

 

1.FOTOGRAFIA... Ao PÉNIS!
2.DEPILAÇÃO MASCULINA
3.AUTO-PENETRAÇÃO/FELAÇÃO
4.SEXO GAY
5.PRAIAS DE NUDISMO (ALGARVE) 
6.COMO É QUE UM TRAVESTI ESCONDE O PÉNIS?
7.POPPERS
8.SEXO A 3 OU MAIS...
9.GOSTAR DE HOMENS + VELHOS
10.SADOMASOQUISMO
11.VERÃO :: PRAIA :: NUDISMO
Última Act.: 12-08-2009

 

 

Google Earth GAY


(Se não tens o Google Earth, faz download AQUI e depois basta clicar nos links abaixo)
BARES
O Bico, Gayleria - Lisboa

Meeting Point - Lisboa

106 - Lisboa

HERÓIS - Lisboa

PORTAS LARGAS - Lisboa

BRIC A BAR- Lisboa

FINALMENTE - Lisboa

MAX - Lisboa

DISCOTECAS
TRUMPS - Lisboa

FRÁGIL - Lisboa

MISTER GAY - Costa da Caparica

PRAIAS
FONTE DA TELHA - Costa da Caparica

Praia 19 - Costa da Caparica

MECO - Aldeia do Meco


COSTA VICENTINA

Praia do Malhão

Praia de Odeceixe

Praia de Vila Nova de Mil Fontes

 


ALGARVE

Praia da Ilha Armona

Praia Pinheiros

Praia Cabanas Velhas

Praia Meia Praia

Praia das Furnas

Praia do Zavial

Prainha

Praia Beliche

Praia Grande

SAUNAS
GRECUS - Lisboa

SPARTACUS - Lisboa

TROMBETA BATH - Lisboa

RESTAURANTES
PÔE-TE NA BICHA - Lisboa

BICA DO SAPATO - Lisboa

BRASILEIRA - Lisboa

ALOJAMENTO
AS JANELAS VERDES - Lisboa

Hotel ANJO AZUL - Lisboa


LINKS
Ovelha Tresmalhada
Cinema Gay
Provoca-me!!!
Sexual Feeling
Perfeito Vazio
Eu por aqui...gay
O Mundo Gay (quase) Perfeito
Comportamentos de um rapaz difícil
Me Myself And I
Adolescente Gay
Histórias de Un Mira
Confissões aos (quase) 30
Tongzhi
Minha Luz
WhyNotNow
ALL OF ME
só mais uma gayja
Herejes
2 Homens 1 Vida
O outro lado
O Meu Lado B
Sapato de Cristal
MOGAYDOURO
Felizes Juntos
Nunca caí aqui
As faces de Morgan/a...
Individual(mente)
David e Marco
LusoBoy
DE CORPO E ALMA
FARPAS e BITAITES
VERSATILIDADES
HOMEM, HOMOSSEXUAL e PAI
Je Bois
Blog do Armário
Nuba
H2OMENS
O Sétimo Continente
CO-MYX-TURA
Boyzitu
[NobodysBitcho]
Blog Gay
Single White Male
ALGARVE GAY
MADONNA
GAYLERIA

LISTA COMPLETA


TAGS

à mesa(6)

adopção(47)

amigos(35)

amor(72)

artistas(131)

associações lgbt(22)

bares gay(39)

bissexualidade(15)

blog(89)

bullying(5)

casamentos(148)

casamentos gay(125)

cinema(29)

com out(19)

comentario off the record(12)

compras(20)

concursos(20)

contar aos pais(40)

discriminação(219)

educação(17)

elementos de prazer(17)

encontros(13)

eventos(17)

eventos lgbt(28)

família(99)

Família(29)

filmes(22)

filmes gay(10)

fotografia(20)

gay(320)

gay friendly(6)

hiv(9)

homofobia(142)

homoparentalidade(45)

homossexual(259)

homossexualidade(328)

humor(98)

igreja(11)

igualdade(14)

imprensa(36)

informática(5)

jantar convívio(9)

lazer(7)

lésbicas(51)

lgbt(25)

literatura(19)

livros(22)

moda(12)

movimentos gay(6)

música(35)

noite(103)

notícias(281)

Notícias(27)

nutricionismo(7)

o casamento dos lindos(33)

o psi responde(20)

off the record(7)

orientação sexual(7)

partilha-te(6)

passatempos(21)

pensamentos(18)

perguntas(48)

pessoal(442)

poemas(6)

poesia(6)

política(68)

power man 2010(13)

preconceito(11)

psicologia(36)

publicidade(55)

relação(110)

Relação(18)

religião(12)

restaurantes(19)

revista(12)

roupa(7)

roupa interior(6)

saír do armário(34)

sandy(11)

saúde(92)

ser gay(12)

sexo(285)

sexo anal(12)

sexologia(55)

sexualidade(156)

sexy(13)

sida(11)

sociedade(262)

sondagens(45)

teatro(43)

teatro amador(9)

televisão(79)

Televisão(10)

tita(6)

trabalho(32)

transgéneros(18)

transsexuais(26)

travestis(13)

viagens(94)

vídeos(110)

todas as tags

Pub...

<-- PUB -->
O blog em nºs...


Arquivos

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Junho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds

pesquisar