_____________________________________________
POSTS SOBRE: LIVROS :: O PSI RESPONDE :: CONTAR AOS PAIS :: VIAGENS :: ELEMENTOS DE PRAZER :: BARES GAY :: VÍDEOS
_____________________________________________
Podes seguir o blog através do twitter AQUI

Pesquisa personalizada
Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

Ruy de Carvalho como homossexual!

Este brilhante e conhecido actor português, Ruy de Carvalho, que conta já 81 anos de vida, vai encarnar a pele de um homossexual, papel que (suponho eu) nunca deve ter interpretado, num filme que está prestesa começar as gravaçoes. O papel, ao que parece, representa um famoso criador de moda, assumindo a sua homossexualidade sem complexos.

 O filme "Second Life" será produzido pela produtora de "Corrupção" e  "O crime do padre amaro". Do elenco fazem também parte Paulo Pires, Luis Figo (sim, Luis Figo, ele próprio) ,Fátima Lopes (a apresentadora), o Malato (sim, o apresentador!), Lúcia Moniz (a cantora) e Cláudia Vieira. 

A acção de «Second Life», cujas gravações começam a 22 de Agosto, começa com a celebração do aniversário do protagonista, interpretado pelo actor polaco Piotr Adamczyk, que aparece morto numa piscina.

O «morto» assume, em voz-off, a narração do enredo. O espectador é confrontado, num regresso ao passado, com a vida do protagonista dez anos antes, a ser fotografado em Roma pela personagem de Cláudia Vieira. A partir daí, o narrador questiona a sua própria vida e de como ela teria sido diferente se se tivesse envolvido com aquela personagem.
 

sinto-me: À espera do fds!
publicado por cristms às 20:25
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Um anel especial...!

Ainda há pouco tempo fazia um post sobre os cachuchos,e agora dou a conhecer um anel cheio de estilo (na minha opinião).

A bonita prenda que o lindo me deu por ocasião da comemoração do nosso sexto aniversário. Ei-lo, lindo, soberbo, cheio de estilo, muito do meu agrado.

 

Vá, roam-se de inveja!

 

Hehehehe!

sinto-me: com estilo!!!
publicado por cristms às 21:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 27 de Julho de 2008

Sondagens no Blog XXIII - "Acha os blogs de e sobre gays depressivos?"

Mais uma sondagem que termina... Para ser honesto, esta sondagem surgiu, como também já aconteceu com outras, devido a alguns comentários sobre este blog e a suposta diferença entre o tom positivo deste blog e a "energia" negativa transmitida por outros blogs da mesma temática. Para ser sincero, infelizmente nem sempre tenho tempo de navegar à procura de blogs que vão surgindo, muito menos para os ler com a atenção devida, até porque como sabemos, muitos blogs "morrem" e muitos outros "nascem". Assim, visito alguns com alguma regularidade e procuro neles links de outros e normalmente vou cuscar. Tento actualizar a minha lista de links, mas quando dou por isso, já metade "morreu"... Para fazer este post, tenho andado há alguns dias a navegar e a ver o que se vai escrevendo por aí, e muito francamente, e felizmente, não fiquei com a ideia que outrora também já tive, ou seja, a de blogs demasiado melancólicos, depressivos... Pelo contrário, cada vez surgem blogs que retratam situações simples do dia-a-dia, bem dispostos, "positivos"!

Agora os resultados da sondagem...

À pergunta "Acha que os blogs de e sobre gays depressivos?",  dos 371 votos recebidos a resposta mais votada (18.87%) foi "Nim.São como todos os outros.". Quase 25%  dos votos recaíram sobre respostas positivas,ou seja, que a maioria dos blogs gays são depressivos.

Mais de 55% dos votos foram atribuídos a respostas negativas, ou seja, que a realidade dos blogs gays não corresponde ao perfil depressivo. Como sempre, ficam os números e cada um tire as suas próprias conclusões. Deixo também os links para alguns dos muitos blogs que andam por aí, e gostaria muito de receber sugestões para manter a lista o mais actualizada possível. Por fim, está aberta uma nova sondagem que pretende saber se os gays, lésbicas, transsexuais e bissexuais (normalmente conhecida como comunidade GLBT) são iguais, e portanto se faz ou não sentido pô-los dentro do mesmo saco. Dêem a vossa opinião votando!!!

 

Links:

 
Tongzhi
Minha Luz
WhyNotNow
ALL OF ME
só mais uma gayja
Herejes
2 Homens 1 Vida
O outro lado
O Meu Lado B
MOGAYDOURO
Felizes Juntos
Nunca caí aqui
As faces de Morgan/a...
Individual(mente)
David e Marco
LusoBoy
DE CORPO E ALMA
FARPAS e BITAITES
VERSATILIDADES
HOMEM, HOMOSSEXUAL e PAI
Je Bois
Blog do Armário
Nuba
H2OMENS
: Flavio's World
CO-MYX-TURA
Boyzitu
[NobodysBitcho]
Blog Gay
Single White Male
GAYLERIA

LISTA COMPLETA
 

 

 

 

 Resultados:

 

 

 

Todas as sondagens do blog podem ser vistas AQUI

sinto-me: a presisar de praia!
publicado por cristms às 00:54
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Julho de 2008

New look!

Não, ainda não é desta que o blog vai (novamente) mudar de look (mas será para muito breve), trata-se antes de uma mudança de look de uma vida... Mais propriamente do cabelo da minha vida! Ehehehe!

Sempre fui apologista da mudança, passo a vida a incitar os meus amigos a mudarem de aspecto, e principalmente de penteado, por ser algo quase sempre reversível. No entanto, eu próprio, desde pequeno que uso sempre o mesmo penteado. Uso não, usava! Ehehe! Talvez por ter um cabelo super forte e um trabalho onde as mentalidades não estão abertas para grandes "inovações". Restava-me apenas uma solução, adoptar um penteado simples e não muito original: rapar!  E foi isso que o meu lindo me fez ontem... Hoje tenho um novo penteado que será bem provavelmente o penteado dos meus próximos anos. Este penteado tem várias vantagens: não é preciso pentear, é fácil de cortar(tendo máquina em casa) e por isso torna-se também mais económico. Agora, quando me vejo ao espelho ainda não me reconheço, mas os próximos dias irão ser decisivos para me habituar ao meu novo look. Ficam as fotos de um antes e o depois...

 

sinto-me: careca!

TAGS:
,
publicado por cristms às 19:00
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quarta-feira, 23 de Julho de 2008

NÃO ao cachucho!

Ontem ia eu no comboio a caminho de Lisboa, quando tive a sorte de se sentar à minha frente um rapazinho todo giraço, bem vestido, de fato, carinha laroca... Tudo óptimo até ele levantar a sua mão esquerda que exibia um tradicional cachuço. Oh my God!!! Na minha opinião é um sinal péssimo... tAinda por cima este trazia relógio cor de prata baço. Xiça!

Eu quando vejo um rapaz com cachuço fico logo com a ideia de ser um rapaz com mau gosto, retrógado, desactualizado... Outros pensarão de outra forma, mas naquele momento, ontem, deu-me vontade de "roubar" o cachuço ao rapaz!!!

Decidi naquele momento abrir uma guerra contra o cachuço!

 

NÃO AO CACHUÇO! PLEASEEE!!!

sinto-me: a dar um bom conselho!
publicado por cristms às 01:20
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Domingo, 20 de Julho de 2008

O PSI RESPONDE IV - Serei gay?

Tantos são os que têm esta dúvida... Publico hoje, na rubrica "O PSI RESPONDE" (que pretende precisamente tentar dar respostas a dúvidas de quem escreve ao "nosso" PSIcólogo de serviço através do email blogsergay@hotmail.com), o caso de um leitor que nos escreveu com dúvidas sobre a sua sexualidade.  Deixo-vos o excerto do email e a resposta do PSI:

 

Leitor -  Eu sou rapaz, tenho 24 anos e neste momento da minha vida começo a questionar a minha sexualidade. Sempre sofri de falta de confiança, tanto por uma educação rígida e controladora por parte do meu pai como pelo desconforto por não me sentir aceite por parte dos meus colegas de escola. Ao longo dos 13 até aos 16 anos fui chamado de gay, entre outras formas de me humilharem e me mostrarem que eu não era bem vindo junto deles(os meus colegas rapazes). Por esses constantes ataques a mim e à minha sexualidade eu sempre senti dúvidas se realmente seria ou não gay...Acrescido a isso, nunca fui abordado por raparigas que se interessassem por mim, salvo 1 rapariga, neste periodo de tempo, dos 13 aos 16 anos. Nunca namorei até aos 21 anos, apesar de me ter apaixonado por 4 raparigas dos 17 aos 21. Sempre fui rejeitado porque essas raparigas não se sentiam ataidas por mim à excepção de duas delas, a última delas foi minha namorada até há muito pouco tempo. À 2 meses, porque me sentia triste com a minha namorada, muito desiludido, senti uma atração irresistível de abrir um site de pornografia gay e eu gostei do que vi. Fiquei excitado... Ao longo desse tempo, não consigo resistir à tentação de consultar esse tipo de sites, porque esses começaram a excitar-me enquanto tanto o sexo com a minha parceira como pelo visionamento de sites de pornografia hetero deixaram de me excitar tanto ou da mesma forma...(...) eu continuei a sentir-me confuso com tudo isso e pelo meio iamos fazendo amor, a maioria das quais eu nao me sentia bem com o acto em si, porque já não sentia o mesmo desejo por ela nem com o seu corpo as suas formas femininas ao ponto de não conseguir ejacular...Devo dizer que ao longo destes 2 meses, esta dúvida me fez lembrar coisas que eu quando era adolescente, deveria ter 14/15 anos sentia mas nunca cheguei a definir esses sentimentos. Acho que posso dizer que sentia algo como se fosse errado ficar a olhar para rapazes mais velhos duma forma que eu nao sabia definir, mas que hoje acho que era atração...Tou muito confuso e espero que a sua resposta possa ser esclarecedora porque se por lado penso que posso ser gay porque actualmente sinto atração por homens e cada vez mais, por outro durante vários anos gostei e apaixonei-me por raparigas...não sei que passos tomar para desfazer esta imensa dúvida existencial.

 

O PSI RESPONDE:

A situação que está a viver é uma situação de terrivel angústia e sofrimento. Mas é importante saber que não está sozinho neste percurso. Exitem muitos jovens que vivem da mesma forma o "coming out" (o sair do armário), se disso se tratar. Cabe-lhe a si perceber na realidade o que está a acontecer. Parece-me que sempre se sentiu atraído e apaixonado por raparigas durante a adolescência; isto não faz de si um heterossexual, mas sim estará relacionado com a sua imaturidade afectiva que tinha naquela altura. Quando começa a amadurecer começa a sentir/entrar em conflitos internos sobre o que realmente gosta/atrai e parece-lhe estar a descobrir algo de novo em si. Mas se observar um pouco mais o seu passado e os seus sentimentos e afectos daquele tempo, poderá dar-se conta que talvez já era gay naquela altura. Mas muitos eram os factores que o impediam de viver a sua homossexualidade: desde a sociedade potencialmente castradora, à educação que parece ter tido, como sendo demasiado rígida e controladora, levando-o inclusivé a negar qualquer processo mental que se relacionasse com homossexualidade, pois teria mais um "problema/trabalho" a resolver com o seu pai; o meio socio-educacional que também na adolescência tem um enorme peso na forma de estar; e, não menos importante e como já referi toda uma imaturidade que não lhe permitia nunca sentir-se bem consigo se fosse contra todas as normas e regras que lhe eram impostas e ainda hoje fazem parte de si.
 
Tal como refere, por volta dos 14/15 anos já sentia "algo de errado ao olhar para os outros rapazes". Não me quer parecer que algo estivesse errado consigo, mas algo estava já definido em si. Parece-me também muito normal que não tenha prazer sexual com a sua namorada nem que as formas femininas o atraiam, pois não se trata de o objecto de prazer adequado para si, como bem sabe. Deve também pensar numa coisa que é de grande importância: você não escolheu ser homossexual, assim como o seu pai, a sua mãe ou todos os heterossexuais que conhece também não escolheram ser heterossexuais. O processo de identificação sexual que eles fizeram aquando do desenvolvimento levou-os a atrairem-se por pessoas do sexo oposto, enquanto que no seu desenvolvimento o seu processo de identificação sexual leva-o a sentir atração por pessoas do mesmo sexo. Sugiro e peço que não se sinta nunca nem permita que alguem se atreva a fazê-lo sentir-se culpado por ser quem é. NINGUÉM tem culpa de nada.
 
Aconselho-o a ser feliz com o que tem na vida e com o que é como ser humano/pessoa e a dar-se conta que a sua sexualidade não faz de si a pessoa que é, mas é apenas um pormenor que só a si diz respeito. Nunca, até aos dias de hoje, houve conhecimento de personalidades formadas a partir da sexualidade. Como lhe disse e volto a repetir, esta não passa de um pequeno pormenor da vida de cada um.
 

 

Todos os posts de O PSI RESPONDE podem ser lidos AQUI

sinto-me: a aprender!
publicado por cristms às 18:42
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|

Festival Delta Tejo :: MARIZA em grande!

Ontem fui até ao festival Delta Tejo, ainda a decorrer, em Lisboa, no Alto da Ajuda, para assistir ao vivo à actuação da Mariza, em apresentação do seu novo trabalho. Honestamente pensei que não era o melhor local para assistir a um espectáculo deste tipo e portanto estava preparado para não ficar extasiado com o show... Mas, estava redondamente enganado, pois Mariza apresentou-se mais bem disposta que nunca. Cantou, dançou (muito) e encantou os presentes, arrebatando todos com interpretação única de "Oh gente da minha terra", quase a terminar o espectáculo, onde auxiliada por um banco ou algo que o valha, cantou no meio do público. Foi arrebatador vê-la ali nome da sua gente, a cantar, com toda a gente também a acompanhar. Fiquei maravilhado!!! Seguiu-se a Adriana Calcanhoto, que também tinha alguma curiosidade em ver ao vivo a sua interpretação. Mas a minha companhia, e eu próprio, não resistimos à imagem da Adriana, sentada, em tom monocórdico, a cantar, com muito pouco entusiasmo. Abandonamos o recinto e fomos até ao outro palco onde os Clã, em contraposição à Adriana, se apresentavam com uma energia arrebatadora. Embora já estivessem no final do espectáculo, deu para ouvir os êxitos actuais da banda...

E pronto, assim foi... Em jeito de apontamento, gostava de realçar os acessos manhosos ao recinto, bem como este também estava algo improvisado, com muita pedra para tropeçar e muito pó para levantar!

Ah, e espante-se quem como eu pensaria que sendo um festival da Delta o café poderia eventualmente ser à borla... Nada disso, a pagantes, e a 1 euro! :-S

 

sinto-me: com vontade de ir à praia!
publicado por cristms às 16:12
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 18 de Julho de 2008

Ele há cada notícia...

Li há uns dias no Jornal Global uma notícia que dava conta que um indivíduo da zona do Porto baleou uma vizinha acidentalmente porque acreditava que um seu outro vizinhon - gay por sinal -  e a quem a bala se destinava, teria uma relação de sodomia com o seu gato. Na realidade e ao que o Tribunal apurou, o gato pisgou-se de casa do lunático e foi socorrido pelo tal vizinho a quem o tiro certeiro era inevitável. Quanto ao lunático alegou em tribunal que "deu-me para ali" sem conseguir apresentar uma justificação para o caso. A isto chama-se homofobia, de tal forma que "cegou" o homem...
 
Rir ou chorar?
sinto-me: sem saber se rir ou chorar!
publicado por cristms às 00:41
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 17 de Julho de 2008

Casamentos entre homossexuais :: Esquerda valente?!?!

Foi ontem promovida pela Juventude Socialista uma conferência internacional subordinada ao tema "Nada mais que a igualdade - casamento entre pessoas do mesmo sexo". Este senhor na imagem, Pedro Zerolo, foi um dos oradores convidados, como secretário federal do PSOE para os movimentos sociais e também como homossexual e casado, uma união permitida pela lei espanhola, aprovada por Zapatero.

Zerolo acrescentou que essa alteração só foi possível "graças a um primeiro-ministro valente, a um primeiro ministro socialista", afirmou, antes de defender que a "esquerda é valente ou não é esquerda".

 

De entre os presentes, surgiu a pergunta pertinente e que se impõe que é o porquê de o PS não avançar com idêntica medida, ao que os socialistas portugueses responderam "Não é fácil!".

 

O assunto é ainda fracturante dentro do próprio PS, que se fosse um partido valente e com os tomates no sítio, poderia alterar a lei visto ter as melhores condições para o fazer, mas... Estamos em Portugal, e como não é fácil, adia-se... Talvez amanhã, talvez para o ano, talvez para o próximo século venha a ser fácil, e aí sim, altera-se a lei.

 

Se este país não vai em frente é por isso mesmo, por uma classe política que tanto neste como em muitos outros assuntos, por não serem fáceis, são consecutivamente adiados até eles próprios deixarem de ser assuntos e se resolvam de forma espontânea ou já sejam fáceis de resolver!

 

Assim vamos (des)andando!

 

 

sinto-me: farto dos políticos!!!
publicado por cristms às 23:08
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 15 de Julho de 2008

Marcha do orgulho GAY?!

 Penso não ser muito controverso se mais uma vez disser que não me revejo nestas manifestações do suposto orgulho GAY. Acho-as tão ridículas quanto uma marcha de orgulho HETERO. Todos, independentemente da nossa orientação sexual, devemos ter orgulho no que somos, na nossa personalidade, na nossa pessoa, nos nossos gostos. Fazer disso uma bandeira pode fazer sentido quando um grande número de pessoas partilha um mesmo gosto, uma mesma vontade de lutar por algo. Já o disse muitas vezes, e volto a repeti-lo, que na minha opinião estas marchas não são a forma mais acertada de fazer passar a mensagem de que somos iguais, e que por isso devemos ser tratados de forma igual. E respeitando todos quanto pensam de outra forma, misturar gays, lésbicas, transsexuais e bissexuais todos num mesmo bolo, com uma mesma bandeira parece-me por vezes inadequado e ineficiente. Embora todos possam possivelmente ser vítimas de discriminação, acredito piamente que o que um transsexual reclama para si direitos que eu, gay, não preciso reclamar. A mesma coisa com os bissexuais... E embora respeite a maneira de cada um estar na vida, acho que é abuso, considerar que as travecas/transsexuais acabem por ser sempre a face visível destes acontecimentos. Não seria melhor repensar a forma como são organizadas estas manifestações? Porquê misturar tudo? Se é uma manifestação para lutar por direitos iguais, então deve ser participada por toda a comunidade que partilhe da mesma opinião. Mas se chamam a essa manifestação "Orgulho gay" acredito que essa mesma comunidade não vá juntar a sua voz à nossa voz, porque eles não devem ter orgulho em que eu seja gay, nem eu orgulho em que eles sejam hetero. E para além disso, andar na rua vestido de mulher ou de outras formas bastante exibicionistas não faz propriamente parte do (meu) orguho gay. Bem sei que a comunicação social é (quase sempre) a responsável por fazer passar uma mensagem desfazada da realidade. Quase que me atreveria a apostar, que se fosse organizada uma manifestação GAY, e não uma manifestação da comunidade GLBT, provavelmente teriamos nas ruas um grande número de pessoas iguais às manifestações que vemos com objectivos semelhantes (luta por direitos), sem floreados, sem exibições despropositadas, mas focando-se no que interessa: luta pelos mesmos direitos, contra a discriminação!!! Aí sim, seria fácil de ver que a maioria dos gays somos todos iguais e todos diferentes, cada um com as suas taras, com as suas manias, como qualquer hetero!

Aí sim a comunidade poderia de uma vez deixar também ela de misturar as coisas e ver que nós, por sermos gays, não temos que andar por aí de plumas e salto alto.

 

Fica a reportagem mostrada na SIC a propósito da marcha, e confiram o que acabo de dizer, ou seja, para além dos representantes das associações, quem mais foi entrevistado?! Pois...

 

 

 

sinto-me: pensativo
publicado por cristms às 11:57
link do post | comentar | ver comentários (14) | favorito
|

Elementos de prazer X - PRÓSTATA :: TABÚ

Hoje é dia de falar da PRÓSTATA. Geralmente ouvimos falar mais dela por causa dos temidos exames à próstata ou então devido ao cancro da próstata. Vou tentar dismistificar um pouco o assunto, e mostrar (ou tentar mostrar) quem é a bela e conhecida PRÓSTATA.

 

O QUE É?

 

A reter, é que a Próstata é um glândula exócrina (ou mesmo é dizer que se trata de um órgão que produz secreções), e faz parte do sistema reprodutor masculino.

A sua principal função  é a de produzir e armazenar o fluido seminal que compõe o nosso bom e saboroso sémen.

 

 

LOCALIZAÇÃO

 

A próstata (a vermelho na figura ao lado) situa-se no interior do nosso corpo, aconchegadinha pela bexiga e pelo recto.

Uma próstata humana saudável é um pouco maior que uma noz. Ela envolve a uretra logo abaixo da bexiga urinária, podendo ser sentida através do exame de toque retal.

 

É por muita gente considerado o Ponto G dos homens , semelhantes ao ponto G das mulheres.

 

 

 

 

CANCRO DA PRÓSTATA

 

Não se sabe qual o mecanismo que leva as células glandulares da próstata a sofrerem uma malignizacção e, apesar de se ter lesões precoces reconhecíveis, como a neoplasia intracelular de próstata, lesões benignas precursoras não são normalmente identificáveis. 

Os exames realizados para se detectar, precocemente ou não, esse tipo de cancro, são:

» o toque rectal;

» o exame de ultra-sonografia transrectal;

» o exame de PSA (antígeno prostático-específico).

 

EXAME DE TOQUE RECTAL

 

Relativamente a este exame, não será muito difícil encontrar homens que se recusam a fazer este exame por o considerarem humilhante e constrangedor, pondo muitas vezes a sua vida em risco devido a este "macaquinho no sótão".

 

O exame de toque rectal é aquele em que um médico especialista ou profissional treinado introduz o dedo indicador recoberto por uma luva no ânus do paciente afim de palpar a porção anterior do recto, região em que se localiza a próstata. Se há uma aumento da glândula ou a presença de endurecimento ou nódulos, o examinador pode definir aonde se localiza essa alteração e recomendar outros exames diagnósticos mais detalhados para se descartar ou não a possibilidade de uma alteração neoplásica.

 

O EXAME DE ULTRA-SONOGRAFIA TRANSRECTAL

 

O exame de ultra-sonografia ou ecografia transrectal é um exame em que um transdutor (aparelho que emite uma onda sonora e o seu eco é captado pelo mesmo aparelho para gerar uma imagem no ecrã de um monitor) é introduzido no recto do paciente através do ânus, e assim, de modo semelhante ao exame do toque rectal, a próstata e as outras estruturas do assoalho pélvico são visualizados para se detectar alterações de tamanho ou forma. 

 

O EXAME PSA

 

O PSA, ou Antígeno Prostático-Específico, é um exame de sangue que mede níveis de uma substância relacionada a alterações presentes na próstata. Na maioria das vezes, quando muito aumentado, significa que houve uma alteração maligna das células dessa glândula. Porém, quando os níveis estão levemente aumentados, pode ser devido a qualquer outra alteração da próstata, inclusive um toque rectal recente. Por outro lado, alguns pacientes com cancro da próstata não tem esse exame alterado. 
 

ESTIMULAÇÃO SEXUAL

 

A estimulação da próstata cabe a quem penetra já que é o seu orgão quem tem o acesso directo a essa parte do corpo. Quem penetra deve procurar a melhor forma de ocupar o reto e, assim, procurar dar prazer também ao outro. É por isso que a ideia da penetração se baseia apenas num "entra e sai" do parceiro está errada. Deve-se explorá-lo, em movimentos circulares e incisivos, de pequena dimensão e sem forçar, de forma a que o alargamento do anús seja possível e o desenvolvimento dos músculos interiores aconteçam.

 
 

Quem penetra deverá fazê-lo em movimentos circulares, avançando de cada vez um pouco mais e, sobretudo, no mesmo sentido do seu parceiro. No fundo, é como escavar um buraco na areia que se vai alargando. Quando o parceiro estiver suficientemente "disponível", deve procurar-se a estimulação da próstata, incidindo nesta de forma cautelosa.

 
 
 
 
 
 

O que resulta da estimulação da próstata é a ejaculação solta e natural, menos ostensiva e forçada. O parceiro pode assim deixar-se invadir por espasmos de prazer que vão fazer despertar todas as sensações do seu corpo e não fazer concentrar todas as energias na relação mão/pénis (ou seja, o acto sexual a dois não deverá assentar somente na ideia de que a dada altura da "corrida" cada um "estará por sua conta"). Também quem penetra percebe que o controlo da relação sexual ficou nas suas mãos e o prazer que o seu parceiro sente é totalmente provocado por um trabalho conjunto e mais completo (mas sobretudo explorado pelo "penetrador"). Fica, assim, aberto o caminho para um acto sexual totalmente dependente do que o outro quiser fazer connosco.

 

 

A PRÓSTATA E OS HOMOSSEXUAIS

 

Antes de mais, a dúvida não faz sentido: Não, os homossexuais não têm mais probabilidade de ter cancro da próstata que os heteros/bissexuais. Talvez pelo facto de o sexo anal ser frequente numa relação gay, exista a ideia de que devido a esta maior estimulação sexual possa de alguma forma aumentar o risco de contracção da doença. Desenganem-se, não há nenhum estudo que indique tal coisa. Portanto não que ter medos, e sim, aproveitar antes o prazer que a próstata nos pode dar!

 

 

 

Não sendo eu entendido no assunto, e sendo este post resultado de uma pesquisa minha pela net, aconselho a quem tiver interesse sobre o assunto ou dúvidas, que fale com o seu médico ou que então pesquise na net, pois há imensos artigos e informação sobre o assunto.

 

 

Todos os posts "ELEMENTOS DE PRAZER" do blog, podem ser lidos AQUI

sinto-me: prosteteiro!
publicado por cristms às 09:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 13 de Julho de 2008

Já está inaugurado!

Depois de dois dias intensos, eu e o lindo lá metemos as coisas prontas para receber os mais de quarenta convidados para a inauguração do terraço. Os amigos de sempre estiveram, como sempre, presentes na sua grande maioria, e a família mais chegada também esteve (quase) toda presente. Interessante, e o nosso caso, houve algo que foi diferente, pois tivemos a comunidade gay bem representada, ou seja, dos 40, houve dez amigos gay presentes o que corresponde portanto a 25% das pessoas presentes. Poderão questionar a importância disso, mas para nós foi importante, pois é a demonstração, que ao final de seis anos, começamos a ter presentes mais amigos gays (casais na maioria) na nossa vida, algo que ambicionávamos há muito e que este blog proporcionou. Na sexta-feira passada fomos conhecer outro casal, com quem há algum tempo vínhamos travando conhecimento através da internet e com quem houve também uma empatia espontânea. Daí a querermos conhecer-nos foi um pequeno passo, e devido à distância física que nos separa, tivemos de esperar por este fim-de-semana para nos conhecermos pessoalmente. As expectativas estiveram à altura do que se passou na realidade, pois o J&J revelaram-se tal como eu e o lindo tinhamos imaginado, tirando o lapso da altura do J., que não sei porquê imaginei muito mais alto e que se me apresentou baixinho, e que me fez verbalizar inconscientemente "És baixinho!!!", mesmo antes do aperto de mão! Ehehehe!

Eu e o lindo, agradecemos a sorte que estamos a ter, pois tanto o J&J e o J&C se têm revelado pessoas muito bem dispostas, de bom coração, com muitas peripéias na vida idênticas às nossas vivências que torna estas amizades especiais. Esperamos vir a partilhar muitas experiências e fazer com que esta amizade cresça, cresça!!!

 

Quanto ao terraço, tirando a merda de vento que esteve e que "empurrou" a maioria para dentro de casa, correu muito bem , não tendo nós tido o tempo suficiente para dar a atenção devida a todos os presentes, mas deixamos isso para futuras ocasiões!

 

Deixo algumas fotos, do projecto de autoria do designer Paulo Piteira, que nos soube guiar nesta "revolução" do terraço, dando ao espaço o brilho, ar acolhedor e requinte que ambicionávamos. A experiência demonstrada por ele foi essencial, e a sua simpatia e disponibilidade foram a "cereja em cima do bolo"! Obrigado Paulo! ;)

 

sinto-me: com missão cumprida!
publicado por cristms às 20:12
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Quinta-feira, 10 de Julho de 2008

Estão todos convidados!

À revelia do lindo, atrevo-me a convidar os leitores do blog a virem à inauguração do nosso terraço. Parece invulgar, e é-o de facto, mas é como que uma inauguração tardia da casa com o pretexto do términus da decoração do nosso terraço, com a preciosa ajuda do conhecido decorador Paulo Piteira, apresentador do programa de televisão da SIC, o Esquadrão G. Foi incansável e deu ao espaço aquilo que nós pretendiamos, mas com promenores e subtilezas que um bom profissional sabe.

Sábado é pois a apresentação "oficial" do resultado de um trabalho de dois meses... Amigos e família são os convidados... Se o tempo ajudar e o vento der tréguas, tudo há-de correr bem e vai haver surpresas!

 

Poderia muito bem ser o dia do nosso enlace, mas...

 

Deixo o convite, e se alguém descobrir onde estamos e queira aparecer, será muito bem vindo, basta apresentar o convite!

 

 

sinto-me: Expectante!
publicado por cristms às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 8 de Julho de 2008

"Vin Rouge" :: Qualidade e simpatia

A noite do nosso aniversário começou no Restaurante Vin Rouge, que o lindo descobriu por acaso na net, como sendo gay friendly (seja lá o que isso quer dizer), e pelas críticas que vimos na net e por consulta do blog do restaurante, decidimos experimentar, na certeza porém que não iria ser um jantar barato...
 

Fomos rumo à Amoreira (Estoril)...


Já iamos avisados de algumas odisseias para chegar ao restaurante, mas felizmente para nós, demos com ele à primeira! A Rita Caldas lá nos recebeu com um sorriso nos lábios... Escolhemos a mesa... Sentamo-nos... A partir daí o objectivo era sermos guiados pela Rita através da opção de menu "Menu de degustação"... Entregamo-nos às suas sugestões tanto para a comida (apresentada pelo jovem chef  João Antunes) como para os vinhos (pela Rita). Foi o melhor que fizemos, pois sendo uma opção puxadota ao nível de preço (39 euros) apresentaram-nos um "amouse de bouche", entrada, prato de peixe, prato de carne, pré-sobremesa e sobremesa. Cada um com uma mestria que se fazia sentir nos sabores, no paladar... Começamos a "viagem" com um sumo de aipo com natas, acompanhado de uma coxa de rã em cama de cebola vermelha; De seguida, vieram umas Vieiras salteadas, massa de arroz com citronela e cogumelos selvagens; Quanto ao peixe chegou-nos um Robalo do Mar salteado, raviolis de cogumelos selvagens, espargos e molho tartufado; Como carne foi-nos apresentado um Lombo de novilho de inspiração “À Portuguesa”; Como pré-sobremesa veio um copinho de mousse de chocolate com espuma de café; Para terminar, como sobremesa, chegou-nos uma sopa de pêssego com uma bola de gelado de menta.
 
Depois de já estarem todos a salivar, posso garantir-lhes que de facto há razões para isso! Foi tudo excelente, inclusivamente os vinhos (que bebemos ao copo) que nos foram aconselhados. Dificilmente o veredicto poderia ser melhor: CINCO ESTRELAS.
O preço combina com o número de estrelas: 100 e poucos euros foi o que gastamos.

 
POSITIVO: Para além da comida excelente, realço a simpatia da Rita, que soube tratar-nos como se fossemos os únicos na sala, e guiou-nos por uma viagem de sabores. Raro... Muito raro...


NEGATIVO: Hummm,,, A localização... Mas chega-se lá! :))
 

Aqui está um bom exemplo de um jovem casal empreendedor, que ao que me é dado a conhecer está no rumo certo!

 

Aconselho!!!

 

Leia aqui todas as sugestões de restaurantes AQUI

 

sinto-me: a salivar!
publicado por cristms às 00:58
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Segunda-feira, 7 de Julho de 2008

Evidências a mais...

Já aqui falei várias vezes do processo com as minhas sobrinhas e hoje o assunto volta a merecer destaque. Uma tem 5 anos e a outra tem o dobro... Para mim é (já) óbvio que a mais velha já sabe que o seu tio/padrinho é gay. Ao que dá para entender isso não a preocupa minimamente, mas mesmo assim, de quando em vez, lá vem a pergunta "Então padrinho, não arranjas namorada?!". Nunca percebo bem se aquela pergunta é (de facto) inocente, ou se pelo contrário se trata de um desafio para eu lhe contar ou confirmar algo. Este fim de semana estiveram na nossa companhia, e sem querer, e que é natural que aconteça, mais uma vez lhe devo ter dado mais uma evidência daquilo que ela pensa (ou não!).

No nosso 6º aniversário,  ofereci ao lindo um encosto de uma cadeira, que dizia o nome dele seguido de "O lindo". Ontem quando eles chegaram, a mais velha, leu em voz alta... Riu e repetiu "O lindo...". A conversa não avançou. Hoje, ao deitar, lembrei-me de lhes mostrar uma prenda que há já alguns meses dei ao lindo, que foi uma moldura digital. Para o efeito carreguei no cartão da moldura algumas das melhores fotos do lindo, e pus um primeiro slide que dizia "Parabéns!" e um último slide (para apresentar no final das fotografias) que dizia "Amo-te lindo". Pois na máquina ainda eram essas fotos que estavam carregadas... Não me lembrei hoje, ao ligar, que tinha esses slides... Liguei a moldura, e a primeira coisa que apareceu no ecrã foi.... Adivinhem... Pois: "AMO-TE LINDO". Corei... Pensei que elas nem tinham visto, mas, nesse instante, ouço atrás de mim "amo-te lindo! Ehehe!". Era obviamente a minha afilhada... Não olhei para ela e desliguei de imediato a moldura digital, até porque o meu pai estava presente, e ainda me sinto embaraçado com estas (minhas) demonstrações de amor com o lindo...

 

E assim foi... A minha afilhada de burra não tem nada, portanto suponho que ela tenha deduzido quem era o "Lindo" e quem deveria ter dito aquela frase... Ou não? Serei eu a querer ver algo que não existe? Deverei eu abordá-la directamente sobre o assunto? 

 

Não sei...

 

Mas que já são evidências a mais, isso são...

 

:)) 

sinto-me: cansado e a(inda) a raciocinar
publicado por cristms às 00:40
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

E se dúvidas houvesse...

Ontem, Manuela Ferreira Leite deu a conhecer a Portugal a sua posição relativamente aos casamentos entre homossexuais. Para quem não sabe o que a senhora disse, podem agora ver o vídeo:

 

 Ora pois, ficamos então a saber que esta senhora, que pretende ser candidata a primeira ministra deste país acha que o que não é igual deve portanto ser discriminado. Sabemos bem que ser homem ou ser mulher, é de facto diferente, mas, suponho eu, que há muito tempo lutamos todos, incluindo esta senhora, pela igualdade, peka não discriminação das mulheres, por uma igualdade de direitos. Seguindo o pensamento homofóbico demonstrado pela senhora, Portugal deveria nas próximas eleições (e espero que assim seja) não votar numa mulher para Primeira Ministra, e porquê? Precisamente, porque é mulher!!! Este pensamento é tão ridículo e deplorável quanto a posição defendida pela senhora Manuela Ferreira Leite. Penso também, nos casais hetero, que por motivos físiológicos estão impedidos de procriar, e que portanto irão (e muito bem) adoptar uma criança! Devem ser discriminados por construirem uma família da forma que lhes é possível?Porque não haveremos nós poder ter a coisa (o casamento) sem filhos ou com filhos adoptados? Esta mulher, que suponho ser católica, deve imaginar que nós gays queremos entrar por uma igreja a dentro, um vestido de noiva e o outro de noivo e casarmos com a benção de um padre. É só isso que me ocorre para atenuar e conseguir de alguma forma ser condescendente com esta senhora, ao ponto de não lhe faltar ao respeito! Mesmo assim, triste sina a nossa, ser (permanentemente) governados por uma cambada de hipócritas, mal feitores, ladrões e incultos. Por fim, como desejo final, gostaria que um dos filhos ou netos desta senhora se viesse a revelar homossexual (se é que depois de verem as declarações da mãe/avó, ainda tivessem coragem para tal!), para ela ter de engolir tudo pela garganta abaixo e admitir que nunca devemos discriminar ninguém, mesmo pela sua orientação sexual, pois quem sabe, não corremos o risco de estar a "matar" a liberdade de um nosso ente querido!

 

Agora apetecia-me descer o nível e mandar esta senhora para um sítio, mas não vou mandar, porque... porque não!

 

 

sinto-me: Irritadíssimo!
publicado por cristms às 00:38
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

O PSI RESPONDE III - Assumir ou não assumir, eis a questão?

(...)Trabalho em contexto rural, e moro no centro de portugal, numa aldeia coesa constituída por parentes entre si. Provenho de uma família rural, alargada, simples, conservadora, e moralmente afecta ao catolicismo do qual, eu próprio, também fui fiel e membro activo durante muitos anos.

(...)Previsivelmente, posso dizer que o meu local de trabalho e colegas são extraordinariamente homofóbicos, bem como todo o contexto social em que vivo, e com a família próxima mantenho um relacionamento mais ou menos afectuoso, como é normal para quem nos viu nascer e crescer. Com os meus pais, o relacionamento é distante e, não raras vezes, conflituoso, não a um nível de agressão expressa, mas a um nível canceroso de silêncio e vazio relacional. 
A minha pergunta, Doutor, é bastante simples. No seu entender, assumirmo-nos «gay», como de facto sou, pode ser contraproducente? 

(...)Relembro a personagem interpretada pela actriz Julianne Moore (Laura Brown) no filme «As Horas», baseado no romance homónimo de Michael Cunningham. Laura Brown é uma mulher lésbica que vive o sonho americano dos anos 50, uma dona-de-casa casada com um ex-combatente, e mãe de dois miúdos (um dos quais ainda no seu ventre). Cansada da mentira mortífera que vive, o desespero leva-a a um quarto de hotel que aluga para se suicidar. No último momento, lendo "Mrs Dalloway", de Virginia Woolf, decide abortar o suicídio, levar a adiante a gravidez, e, depois, abandonar marido e filhos e casa para ela programados, e recomeçar uma vida nova - a vida - longe, no país vizinho, o Canadá. Anos mais tarde, regressa para o funeral do filho, prematuramente arrebatado pelo suicídio, e alguém lhe pergunta porque abandonou a família. Sem hesitações, mas sempre penosamente, afirma: "Eu escolhi a vida"..."Aquilo era a morte para mim".
Diga-me, Doutor, devo "escolher a vida", abandonando pessoas e lugares incapazes de me aceitar incondicionalmente, ou "viver a morte" junto deles?
(...)No passado, recorri a 2 psicoterapeutas, uma da área da Psicologia, e um outro da área da Psiquiatria, para me ajudarem a romper com o fosso entre "quem eu sou" e o "quem eu devia ser". Curioso facto foi que, em 3 anos de consultas, nunca foi abordada a minha homosexualidade e, pior, nos breves momentos em que a abordei por iniciativa própria, não deixei de ficar surpreendido com o desconforto daqueles profissionais de saúde mental. Mas não fiquei muito surpreendido pois, enquanto estudante de uma faculdade de Psicologia, (...), tive a oportunidade de assistir, na mesa do café, a interessantes e explícitas conversas homofóbicas entre estagiários e estagiárias psicólogos, alguns dos quais, responsáveis por consultas psicoterapeuticas a pessoas em luta com a sua sexualidade.
Por coerência filosófica, há muito que deixei de considerar a humanidade como espécie racional. Compreendo que o medo é o verdadeiro inimigo de quem é diferente, e não quem reage por ele. Mas, que ideia é esta de que somos todos iguais, de que gostamos todos do mesmo?

********************

 

O PSI Responde:

Parece-lhe que em qualquer que seja a sociedade portuguesa, seja de meio rural ou urbano, as reacções serão assim tão diferentes do que imagina no seu meio e na sua família? Um dos aspectos que mais valorizam as familias na questão de terem um filho gay é "o que os outros vão pensar e dizer". A minha experiência profissional neste campo permite-me dizer-lhe que tal acontece em qualquer tipo de sociedade portuguesa, seja qual for o extracto socio-económico. Isto porque nenhum pai/mãe está à espera de ter um filho gay. As diferentes formas de o aceitarem estão relacionadas com as experiências de vida familiar e social que os pais tiveram. Mas o medo e a dificuldade de aceitação é precisamente a mesma.

Tal como refere no filme «As Horas», cabe-lhe a si escolher a vida ou a morte para si.
Posso garantir-lhe que apesar de lhe parecer algo impossível e doloroso, será um processo menos doloroso do que imagina. Sentir-se-á mais feliz e melhor consigo próprio. Não senirá necessidade de "fugir" mas sim de se manter no meio em que vive.
Torna-se importante que reflicta no quão importante é para si a sua felicidade e bem estar. Assim com na segurança que tem de si mesmo e no orgulho que tem de ser o ser humano em que se tornou. Pergunto-lhe se a sua sexualidade o define como ser humano? Se a sua sexualidade lhe define o caracter, a forma de estar, a forma como se relaciona com os seus amigos? Não lhe parece que a sexualidade é apenas um pequeno pormenor da sua vida e que apenas a si e aqueles que na sua cama dormem diz respeito?
Segundo refere, parece-me também que o facto de encontrar alguém facilita o processo, pois há algo por quem lutar e enfrentar o mundo. De facto estar apaixonado/ter alguém ajuda, pelo apoio que sentimos na luta. Mas tenho observado ao longo dos anos que não é assim tão necessário quanto lhe possa parecer.
Sugiro que procure apoio especializado nesta problemática na sua área de residência. Tenho conhecimento da existência de psicólogos especialistas nesta problemática (...).
Lamentavelmente os psicoterapeutas que frequentou ou não eram especialistas ou não tinham conhecimentos ou de alguma forma (permita-me o atrevimento) mexeu com a sexualidade deles. felizmente não somos todos assim.
Para finalizar, não me parece que seja necessário viver a morte junto deles, mas sim que é muito possível escolher a vida junto deles. Pois quem o ama, ama a pessoa que há em si e não ao seu sexo.

 

 

Não é demais lembrar que esta rubrica surgiu para responder a questões (como as que estão neste post) enviadas para o email blogsergay@hotmail.com para serem respondidas pelo nosso PSI (psicólogo vasta experiência em sexologia e homossexualidade). O anonimato dos autores das perguntas é sempre mantida e o que é apresentado no blog é, ou poderá ser apenas um excerto da pergunta e/ou resposta, embora seja enviada a resposta na íntegra para o autor das perguntas.

 

 

Para ver todos os posts da rubrica O PSI RESPONDE clique AQUI

 

sinto-me: Pensativo!
publicado por cristms às 00:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|



referer referrer referers referrers http_referer

Lisbon Apartment for rent/holidays
- Gay Friendly -

OS MAIS LIDOS

 

1.FOTOGRAFIA... Ao PÉNIS!
2.DEPILAÇÃO MASCULINA
3.AUTO-PENETRAÇÃO/FELAÇÃO
4.SEXO GAY
5.PRAIAS DE NUDISMO (ALGARVE) 
6.COMO É QUE UM TRAVESTI ESCONDE O PÉNIS?
7.POPPERS
8.SEXO A 3 OU MAIS...
9.GOSTAR DE HOMENS + VELHOS
10.SADOMASOQUISMO
11.VERÃO :: PRAIA :: NUDISMO
Última Act.: 12-08-2009

 

 

English Version



Free Web Counters

Adicionar a Favoritos




Email do Blog

BlogSerGay@Hotmail.com

OS MAIS LIDOS

 

1.FOTOGRAFIA... Ao PÉNIS!
2.DEPILAÇÃO MASCULINA
3.AUTO-PENETRAÇÃO/FELAÇÃO
4.SEXO GAY
5.PRAIAS DE NUDISMO (ALGARVE) 
6.COMO É QUE UM TRAVESTI ESCONDE O PÉNIS?
7.POPPERS
8.SEXO A 3 OU MAIS...
9.GOSTAR DE HOMENS + VELHOS
10.SADOMASOQUISMO
11.VERÃO :: PRAIA :: NUDISMO
Última Act.: 12-08-2009

 

 

Google Earth GAY


(Se não tens o Google Earth, faz download AQUI e depois basta clicar nos links abaixo)
BARES
O Bico, Gayleria - Lisboa

Meeting Point - Lisboa

106 - Lisboa

HERÓIS - Lisboa

PORTAS LARGAS - Lisboa

BRIC A BAR- Lisboa

FINALMENTE - Lisboa

MAX - Lisboa

DISCOTECAS
TRUMPS - Lisboa

FRÁGIL - Lisboa

MISTER GAY - Costa da Caparica

PRAIAS
FONTE DA TELHA - Costa da Caparica

Praia 19 - Costa da Caparica

MECO - Aldeia do Meco


COSTA VICENTINA

Praia do Malhão

Praia de Odeceixe

Praia de Vila Nova de Mil Fontes

 


ALGARVE

Praia da Ilha Armona

Praia Pinheiros

Praia Cabanas Velhas

Praia Meia Praia

Praia das Furnas

Praia do Zavial

Prainha

Praia Beliche

Praia Grande

SAUNAS
GRECUS - Lisboa

SPARTACUS - Lisboa

TROMBETA BATH - Lisboa

RESTAURANTES
PÔE-TE NA BICHA - Lisboa

BICA DO SAPATO - Lisboa

BRASILEIRA - Lisboa

ALOJAMENTO
AS JANELAS VERDES - Lisboa

Hotel ANJO AZUL - Lisboa


LINKS
Ovelha Tresmalhada
Cinema Gay
Provoca-me!!!
Sexual Feeling
Perfeito Vazio
Eu por aqui...gay
O Mundo Gay (quase) Perfeito
Comportamentos de um rapaz difícil
Me Myself And I
Adolescente Gay
Histórias de Un Mira
Confissões aos (quase) 30
Tongzhi
Minha Luz
WhyNotNow
ALL OF ME
só mais uma gayja
Herejes
2 Homens 1 Vida
O outro lado
O Meu Lado B
Sapato de Cristal
MOGAYDOURO
Felizes Juntos
Nunca caí aqui
As faces de Morgan/a...
Individual(mente)
David e Marco
LusoBoy
DE CORPO E ALMA
FARPAS e BITAITES
VERSATILIDADES
HOMEM, HOMOSSEXUAL e PAI
Je Bois
Blog do Armário
Nuba
H2OMENS
O Sétimo Continente
CO-MYX-TURA
Boyzitu
[NobodysBitcho]
Blog Gay
Single White Male
ALGARVE GAY
MADONNA
GAYLERIA

LISTA COMPLETA


TAGS

à mesa(6)

adopção(47)

amigos(35)

amor(72)

artistas(131)

associações lgbt(22)

bares gay(39)

bissexualidade(15)

blog(89)

bullying(5)

casamentos(148)

casamentos gay(125)

cinema(29)

com out(19)

comentario off the record(12)

compras(20)

concursos(20)

contar aos pais(40)

discriminação(219)

educação(17)

elementos de prazer(17)

encontros(13)

eventos(17)

eventos lgbt(28)

família(99)

Família(29)

filmes(22)

filmes gay(10)

fotografia(20)

gay(320)

gay friendly(6)

hiv(9)

homofobia(142)

homoparentalidade(45)

homossexual(259)

homossexualidade(328)

humor(98)

igreja(11)

igualdade(14)

imprensa(36)

informática(5)

jantar convívio(9)

lazer(7)

lésbicas(51)

lgbt(25)

literatura(19)

livros(22)

moda(12)

movimentos gay(6)

música(35)

noite(103)

notícias(281)

Notícias(27)

nutricionismo(7)

o casamento dos lindos(33)

o psi responde(20)

off the record(7)

orientação sexual(7)

partilha-te(6)

passatempos(21)

pensamentos(18)

perguntas(48)

pessoal(442)

poemas(6)

poesia(6)

política(68)

power man 2010(13)

preconceito(11)

psicologia(36)

publicidade(55)

relação(110)

Relação(18)

religião(12)

restaurantes(19)

revista(12)

roupa(7)

roupa interior(6)

saír do armário(34)

sandy(11)

saúde(92)

ser gay(12)

sexo(285)

sexo anal(12)

sexologia(55)

sexualidade(156)

sexy(13)

sida(11)

sociedade(262)

sondagens(45)

teatro(43)

teatro amador(9)

televisão(79)

Televisão(10)

tita(6)

trabalho(32)

transgéneros(18)

transsexuais(26)

travestis(13)

viagens(94)

vídeos(110)

todas as tags

Pub...

<-- PUB -->
O blog em nºs...


Arquivos

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Junho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds

pesquisar