Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2005

Até onde podemos e/ou devemos ir ???

sera.jpg Sempre achei que numa relação, quando alguém ama o outro nem desconfiança nem as dúvidas sobre o sentimento fazem sentido... Sempre achei isso até amar verdadeiramente alguém... Acho que nós gays, que nos conhecemos bem, sabemos o quanto o sexo é importante e sabemos também que andam por aí centenas à procura de afogar o ganso com um, com vários, enfim, de qualquer forma... Eu amo o meu lindo e disso não tenho a mínima das dúvidas... Então, segundo o meu pensamento, não devo nem desconfiar nem duvidar desse sentimento que é meu e que sei ser também dele... Na teoria tudo é muito bonito, mas na prática as coisas já não são tão claras... Duvidar não duvido do nosso sentimento mútuo, mas desconfiar, não consigo de deixar de desconfiar... Perguntam porquê? Algumas coisas relacionadas com o passado, e outras, que são fruto da sociedade e da rapidez e facilidade com que as coisas se podem desenrolar... O meu lindo tem um computador com Net... Eu também tenho... E ambos sabemos que a NET põe-nos caso assim o queiramos, em contacto com quem quisermos ou procurar-mos... Chats, messenger, blogs, websites... É facil tirar um contacto e adicionar... E depois disso, sabe-se lá o que pode acontecer... Por isso, acho que o pensamento que tinha pelo menos na prática é dificil de ser aplicado... Acredito que muitos não pôem em questão o sentimento, mas a verdade, é que como seres humanos que somos, temos as nossas fraquezas... E nunca se sabe, se hoje ao ir almoçar, não vou por algum acaso tropeçar em alguém... Ou se o(a) tal colega de trabalho não se irá insinuar junto de mim e encostar-me à parede... Controlar este tipo de situações é muito complicado, e qualquer tipo de controlo pode tornar-se uma pedra no sapato de uma relação, criando confusão e desentendimentos... Não digo que não vou controlando aqui e ali o meu lindo, e sei que ele também deve fazer o mesmo... Mas será isto correcto? Ou se não for demais é normal? Eu acho que devemos desconfiar sim, no sentido de não confiar plenamente, ou seja, termos sempre em mente que por se querer ou não, em algum dia, as coisas podem mudar... Se não estivermos alerta, tudo pode acontecer... Se estivermos, embora também possa acontecer, poder-se-á, quem sabe, alterar o rumo das coisas...

publicado por gay às 18:40

editado por cristms em 21/05/2009 às 23:07
link do post | comentar | favorito
7 comentários:
De Anónimo a 24 de Fevereiro de 2005 às 03:41
Não sei...por mais amor que exista por este mundo... ninguém deve ser tomado como seguro...luizinhoo
</a>
(mailto:luizinhoo@aeiou.pt)


De Anónimo a 13 de Fevereiro de 2005 às 19:38
Eu discordo de certas opiniões aqui expressas. Se gostamos de alguém, se vivemos uma relação séria e em conjunto, se respeitamos um ao outro que razão têm os ciúmes? power
(http://descascados.blogs.sapo.pt)
(mailto:power31@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Fevereiro de 2005 às 17:59
por mais q amamos os nosso lindos...os nossos fofos...como eu sou doido pelo meu....o ciumento tá sempre presente...é algo q n podemos negar...e qem n sente um cadito de ciumes é pq n ama mesmo a seu parceiro (a)Azorboy
(http://livretransito.blogs.sapo.pt)
(mailto:marco_azor@sapo.pt)


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2005 às 23:42
(cont)
Contudo, independentemente daquilo que para cada um é importante, existe algo que deveria sobrepôr-se: o respeito pela pessoa com quem se tem um relacionamento que se pretende monogâmico! A postura de vida que alguns parecem seguir de “largar um galho apenas quando se tem o outro agarrado” ou “querer simultaneamente o sol e a lua”, tem um nome,…. Mas não me lembro agora qual é!!...
AJA
</a>
(mailto:a_jorge_a@yahoo.com)


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2005 às 23:35
Creio que o autor deste post, sem se aperceber terá dito o que não quer se atrever a pensar. E como que à procura de apoio para justificar isso, exprimiu-se na 1ª pessoa do plural. Diz ele que “…sabemos o quanto o sexo é importante …” e ao dizê-lo, disse tudo. Por antagonismo, quando o sexo acabar para ele, acaba-se o que é importante. Será, portanto e para ele, uma questão de tempo.
Chegará a altura em que talvez, se for um afortunado, se aperceba que é precisamente quando o sexo deixar de ser importante que o amor começará e nessa altura talvez consiga destrinçar entre amor e paixão.
AJA
</a>
(mailto:a_jorge_a@yahoo.com)


De Anónimo a 10 de Fevereiro de 2005 às 19:57
Sinto em ti alguma insegurança... E talvez um pensamento por alguém mais!! Tens de pensar bem s é isso k keres e se alguém te traz a felicidade k o teu lindo tras!! Por muitas desconfianças que haja, por muitos "ses" que penses, a ideia de ter alguem que nos ama e k ta la pra nós (caso do teu boy) é muito reconfortante. :) Desconfianças há sempre mas o amor é assim mesmo... Eu também namoro e ando na net e ele também e no entanto gostamos mt um do outro... Entendes?? A net dá pra muita coisa, mas kd s gosta realmente nada nos faz mudar de opinião. Somente se nos sentirmos inseguros é que temos duvidas e levamos e pensar outras coisas... N é? À que ter calma! Abraços. :PLuís Miguel
</a>
(mailto:)


De carpe vitam! a 27 de Fevereiro de 2008 às 09:51
o ciúme e a desconfiança são sinónimos de insegurança. o que não deixa de ser um sentimento natural, mas não desejável. eu acho que cada pessoa, cada casal tem de decidir onde estão os limites da relação, até que ponto vai a sua liberdade e privacidade, e têm de se sentir confortáveis com isso. Na minha opinião, o amor não pode castrar.


Comentar post


TAGS

à mesa(6)

adopção(47)

amigos(35)

amor(72)

artistas(131)

associações lgbt(22)

bares gay(39)

bissexualidade(15)

blog(89)

bullying(5)

casamentos(148)

casamentos gay(125)

cinema(29)

com out(19)

comentario off the record(12)

compras(20)

concursos(20)

contar aos pais(40)

discriminação(219)

educação(17)

elementos de prazer(17)

encontros(13)

eventos(17)

eventos lgbt(28)

família(99)

Família(29)

filmes(22)

filmes gay(10)

fotografia(20)

gay(320)

gay friendly(6)

hiv(9)

homofobia(142)

homoparentalidade(45)

homossexual(259)

homossexualidade(328)

humor(98)

igreja(11)

igualdade(14)

imprensa(36)

informática(5)

jantar convívio(9)

lazer(7)

lésbicas(51)

lgbt(25)

literatura(19)

livros(22)

moda(12)

movimentos gay(6)

música(35)

noite(103)

notícias(281)

Notícias(27)

nutricionismo(7)

o casamento dos lindos(33)

o psi responde(20)

off the record(7)

orientação sexual(7)

partilha-te(6)

passatempos(21)

pensamentos(18)

perguntas(48)

pessoal(442)

poemas(6)

poesia(6)

política(68)

power man 2010(13)

preconceito(11)

psicologia(36)

publicidade(55)

relação(110)

Relação(18)

religião(12)

restaurantes(19)

revista(12)

roupa(7)

roupa interior(6)

saír do armário(34)

sandy(11)

saúde(92)

ser gay(12)

sexo(285)

sexo anal(12)

sexologia(55)

sexualidade(156)

sexy(13)

sida(11)

sociedade(262)

sondagens(45)

teatro(43)

teatro amador(9)

televisão(79)

Televisão(10)

tita(6)

trabalho(32)

transgéneros(18)

transsexuais(26)

travestis(13)

viagens(94)

vídeos(110)

todas as tags


Arquivos

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Junho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds

pesquisar