Segunda-feira, 23 de Janeiro de 2006

Abordagens tímidas... Mas são boas notícias!

Mais uma vez fui ter com os papás para exercer o meu direito/dever cívico na minha aldeia... Cavaco já está eleito, e esperemos agora para ver o que acontece! Entretanto, e numa conversa a dois com a minha mãe, ela disse-me que o meu pai tinha abordado com ela o facto, ou a possibilidade, de eu ficar a viver em conjunto com o lindo... Minha mãe disse não saber de nada ao que ele lhe disse "Bem sei que tu deves saber... Ele conta-te tudo e eu até acho bem que ele te confie as coisas da vida dele! Eu gosto dele na mesma como gosto do outro filho, e quero-lhe tanto bem quanto ao outro, e ele tem o direito de escolher a vida que está a levar...!". Minha mãe começou a chorar (durante a conversa com o meu pai), dizendo que não estava para deixar de me visitar por causa dele e continuou a minha mãe dizendo-me "Nós não fomos educados de forma a admitir estas coisas, mas tens de fazer um esforço para aceitar, assim como eu faço e acho já estar a conseguir, pois não quero ser afastada do meu filho por tua causa. Já pensaste que se calhar ele nasceu assim e que nós também temos culpa disso...?". Obviamente disse-lhe de imediato que ela não deveria ter tentado culpabilizá-lo, pois ninguém tem culpa de nada, a minha educação foi igual á do meu irmão... Mas bem, ele respondeu da seguinte forma "(Fez silêncio...)... Eu não te quero é ver a chorar por causa disso. Quando quiseres ir visitá-lo não há qualquer problema, levar-te-ei a casa dele e podes lá ficar o tempo que quiseres, que eu no entretanto irei dar uma volta...". Muitos pensarão que de facto isto de boa notícia não tem nada, mas enganam-se, pois o simples facto de o meu pai ter abordado o assunto com a minha mãe (e ao que sei, também o terá abordado com uma tia minha, sua irmã) é um avanço e um sinal de esperança. E porquê? Porque ele, o meu pai, até há algum tempo atrás não admitia sequer abordar o assunto... É de facto uma abordagem tímida mas é da minha perpectiva um sinal de esperança e de que o tempo e o amor trará de mudar as coisas... Mais devagar do que eu desejaria, isso é certo, mas...



:))
publicado por gay às 00:50
link do post | comentar | favorito
11 comentários:
De Anónimo a 26 de Janeiro de 2006 às 00:59
Gostam de uma boa leitura? http://beyondevision.blogspot.com/ não se vão arrepender não se esqueçam de comentarAdagio18
</a>
(mailto:)


De Anónimo a 26 de Janeiro de 2006 às 00:17
Mais cedo ou mais tarde as pessoas que nos amam acabam por ceder e compreender a nossa situação porque tal como disseste ninguem tem culpa, não é pelo facto de teres uma orientação sexual distinta que deixas de ser o filho dele, o filho que ele com certeza amou e educou com afecto.
Ele começa a compreender que reagiu da pior maneira, ele nunca conseguirá esquecer-te e ao tentar afastar-se de ti só vai fazer com que estejas mais presente... na mente dele. Aos poucos ele vai lá vais ver =) esses são indicios de uma relação entre pai e filho que vai voltar em força como uma fenix que renasce das cinzas.
Espero que tudo corra da melhor forma cumprimentos ass. AdagioAdagio18
</a>
(mailto:zemaster18@hotmail.com)


De Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 23:53
O teu blog está super bem conseguido, transmitindo as mensagens ideais! Parabéns e, apesar de não ser rapidamente, as mentalidades vão mudando. :-)Sutra
(http://contoseroticossutra.blogs.sapo.pt)
(mailto:q@m.pt)


De Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 22:17
Sinto-me muito bem ao visitar o teu espaço, apesar de por vezes lêr coisas menos boas,axo que me dá esperança para um futuro em tudo risonho!O teu pai concerteza irá aceitar...acredita!Abraço grande!Gaybriel
(http://www.silenciosentido.blogs.sapo.pt)
(mailto:amor_amizade_1980@hotmail.com)


De Anónimo a 25 de Janeiro de 2006 às 21:57
Parabéns! É uma grande conquista!urso
</a>
(mailto:ursocidade@gmail.com)


De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 23:53
Realmente é razão para ficares contente. Se para ele era um assunto proíbido que, entretanto, deixou de o ser por iniciativa própria, é um bom sinal. E, apesar de ainda indeterminado, daqui a uns tempos vais ver que ele vai passar a visitar a tua casa, o teu canto (que será "vossa" casa, "vosso" canto, assim que te juntares com o teu amor) :) Bem... não tenho mais nada a dizer, penso eu... Fica bem :) [[]][n0b0dYsBItCh0]
(http://nobodys-bitcho.blogspot.com/)
(mailto:pdl_boy__@hotmail.com)


De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 23:37
Pela experiência que vivi, na relação com o meu pai, que reagiu da mesma forma, estou seguro que o teu pai iniciou o caminho de reconhecimento e compreensão da tua homossexualidade. Não quer dizer que venha a aceitar. O meu nunca aceitou, mas, até à sua morte, mantivemos uma relação de pai para filho sem constrangimentos. Eu nunca lhe exibi a minha homossexualidade desnecessáriamente e ele nunca a regeitou quando ela se manifestava.mexilhão
(http://villadeameijoas.blogspot.com)
(mailto:)


De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 23:04
Gosto de passar por aqui e ver a sinceridade destes post's. É um caminho dificil mas ñ inglório, é uma questão de ser paciente, a seu tempo ele aceitará...
(http://ocasionalwords.blogspot.com/)
(mailto:)


De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 20:12
Em tempos tive uma relação que durou cinco anos. O meu pai também disse à minha mãe que no momento em que eu e o A. começássemos a viver juntos deixaria de nos visitar.
O tempo foi passando e ambos os meus pais me visitaram. Aliás, passámos a conviver pontualmente, todos.
Hoje em dia, os meus pais só não perdoam ao a. o facto de me ter deixado, mas isso não é para eles perdoarem.

Vai com calma. Quem ama, aprende! Felicidades!Sandman
(http://sandswimming.blogspot.com)
(mailto:)


De Anónimo a 23 de Janeiro de 2006 às 19:11
"Primeiro estranha-se, depois entranha-se"...Tem calma, deixa o tempo correr e vais ver que o amor que ele sente por ti vem ao de cima e ultrapassa qualquer mentalidade ou pensamentos mais conservadores que ele tenha..Tem calma, da tempo ao tempo..:)

[[[]]]Secret Soul
(http://lifefrominside.blogspot.com)
(mailto:phoenix_boy86@hotmail.com)


Comentar post


TAGS

à mesa(6)

adopção(47)

amigos(35)

amor(72)

artistas(131)

associações lgbt(22)

bares gay(39)

bissexualidade(15)

blog(89)

bullying(5)

casamentos(148)

casamentos gay(125)

cinema(29)

com out(19)

comentario off the record(12)

compras(20)

concursos(20)

contar aos pais(40)

discriminação(219)

educação(17)

elementos de prazer(17)

encontros(13)

eventos(17)

eventos lgbt(28)

família(99)

Família(29)

filmes(22)

filmes gay(10)

fotografia(20)

gay(320)

gay friendly(6)

hiv(9)

homofobia(142)

homoparentalidade(45)

homossexual(259)

homossexualidade(328)

humor(98)

igreja(11)

igualdade(14)

imprensa(36)

informática(5)

jantar convívio(9)

lazer(7)

lésbicas(51)

lgbt(25)

literatura(19)

livros(22)

moda(12)

movimentos gay(6)

música(35)

noite(103)

notícias(281)

Notícias(27)

nutricionismo(7)

o casamento dos lindos(33)

o psi responde(20)

off the record(7)

orientação sexual(7)

partilha-te(6)

passatempos(21)

pensamentos(18)

perguntas(48)

pessoal(442)

poemas(6)

poesia(6)

política(68)

power man 2010(13)

preconceito(11)

psicologia(36)

publicidade(55)

relação(110)

Relação(18)

religião(12)

restaurantes(19)

revista(12)

roupa(7)

roupa interior(6)

saír do armário(34)

sandy(11)

saúde(92)

ser gay(12)

sexo(285)

sexo anal(12)

sexologia(55)

sexualidade(156)

sexy(13)

sida(11)

sociedade(262)

sondagens(45)

teatro(43)

teatro amador(9)

televisão(79)

Televisão(10)

tita(6)

trabalho(32)

transgéneros(18)

transsexuais(26)

travestis(13)

viagens(94)

vídeos(110)

todas as tags


Arquivos

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Junho 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

Agosto 2004

Julho 2004

Junho 2004

Maio 2004

Abril 2004

Março 2004

Fevereiro 2004

Janeiro 2004

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


subscrever feeds

pesquisar